Opinião: Gabriel Jesus é, disparado, o melhor sub-21 do mundo

César Greco - Agência Palmeiras

É impressionante. Pra um brasileiro ser o melhor tem de jogar na Europa. Recentemente, a revista britânica Four Four Two elegeu os melhores atletas sub-21, e Gabriel Jesus, ficou “apenas” em 6º.

Bom, vamos lá. Porque não concordo? Primeiro, um inglês lidera a lista. Dele Alli é um jogador promissor, titular absoluto do Tottenham e parece estar caminhando pra ser dono da camisa 8 do English Team, mas, cá entre nós, não está com essa bola toda.

A frente de Gabriel presenciamos nomes como Donnaruma (ainda muito novo e irregular em determinados momentos), Rashford (outro inglês, da posição de Jesus e, vamos ser sinceros, não dá pra comparar), Martial (chegou com moral e hoje, na minha opinião, é apenas um bom atacante francês), e, Renato Sanches, esse sim, o único que se aproxima do potencial de Gabriel.

Gabriel Jesus não sentiu o peso da camisa da seleção, e, com 19 anos já usa a camisa mais pesada dos últimos 20 anos, a 9 que foi de Ronaldo, e que ninguém parou com ela.

Jogou bem no Mundial sub-20 há um ano, ajudou o Brasil na conquista do ouro inédito nos Jogos Rio 2016 e agora já é o artilheiro do Brasil nas Eliminatórias.

Sem contar que é o artilheiro do Brasileirão, e um típico jogador de movimentação mas com faro de gol, o que é ainda mais raro.

Sinceramente, não se compara com os nomes selecionados. O brasileiro tem de parar de exaltar o europeu, e ver que temos bons nomes em nossa geração (o mesmo vale para Gabigol como o 11º, ele está mais acima).

Rashford tem 12 gols como profissional apenas. Se for assim, o nigeriano Iwobi, era um nome melhor pra ter aparecido entre os 10 melhores ..