Opinião: O caminho da Islândia até a Copa de 2018; Seleção pode surpreender novamente

Reprodução: Youtube

A sensação da Eurocopa, a Islândia, tem tudo para se classificar pelo menos para a repescagem da Copa de 2018 que será realizada na Rússia. Com uma atuação consistente quando atuando dentro de seus domínios, e um grupo considerado “fraco”, a equipe que surpreendeu a todos no campeonato europeu deste ano pode novamente surpreender.

LEIA MAIS:
VEJA O GOL DA ISLÂNDIA COM NARRAÇÃO ISLANDESA

Em seu grupo das eliminatórias estão as seleções da Croácia, Turquia, Ucrânia, Finlândia e Kosovo. Todas as equipes de seu grupo são fortes em casa, porém poucas possuem um bom retrospecto como mandante igual a Islândia, nos últimos 15 jogos são 9 vitórias, 4 empates e 2 derrotas, com um total de 24 gols marcados e 12 sofridos. O grande problema dos islandeses é fora do País, o elenco teria que atuar com força total quando estiver fora de seus domínios se quiser realmente se classificar para pelo menos a repescagem da Copa, como visitante nas últimas 15 partidas 5 vitórias, 2 empates e 8 derrotas com um total de 23 gols marcados e 28 sofridos.

Seus atacantes estão em boa fase, sendo que nos últimos jogos 10 jogos a equipe marcou pelo menos um gol nas partidas, porém sua linha defensiva vem decepcionando já que nas últimas 10 partidas levou 9 gols. Em seus jogos fora existe uma tendência para haver gols, já que 14 em 20 terminaram com Mais de 2,5 gols no placar. Em 15 jogos, apenas conseguiu 2 viradas no placar nos 7 jogos em que sofreu o primeiro gol.

Podemos realmente crer que, se a Islândia for consistente fora de casa, não perdendo pontos e trazendo para casa pelo menos um empate e sendo forte jogando com sua torcida que na Eurocopa deu um show e mostrou que pode ser o 12º jogador da equipe, a seleção que representa a Islândia pode com certeza se destacar novamente e conseguir um feito inédito de disputar a Copa do Mundo de 2018.