Opinião: Valdívia seria um bom reforço e “jogaria fácil” no Palmeiras

Valdivia
Foto: César Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação

Pra quem acha que tudo vai bem pelos lados do Palmeiras, sim, tudo vai muito bem sim. Mas nunca é demais grandes jogadores como opções para melhorar ainda mais certo? É o que penso sobre um jogador em especial: Valdívia.

Camisa 10, ídolo da torcida, o chileno viveu altos e baixos dentro do clube, e quase sempre os baixos foram por causa das seguidas lesões sofridas pelo atleta. Sempre que jogava, rendia, e por isso guardou uma avaliação positiva por parte dos torcedores.

No atual esquema de Cuca, ocuparia a vaga que, em tese, seria de Cleiton Xavier, mas que não vem rendendo o esperado, e Valdívia seria o armador principal, com Dudu, Gabriel Jesus e Roger Guedes, um jovem trio ofensivo e de muita velocidade. No meio, na contenção e apoio, Moisés e Tchê Tchê.

Na defesa, Jean, Vitor Hugo, Mina e Zé Roberto (ou Egídio), com Jaílson no gol (Fernando Prass quando estiver em forma).

Acredito que essa peça “armador” seja a única que esteja em falta no atual elenco do Palmeiras, que conta com atacantes, com jogadores de lado de campo, volantes e defensores.

Se o Palmeiras já é o líder da competição sem essa peça, imagina com um meia da qualidade de Valdívia na equipe?

Seria uma boa palmeirense? Comente.