Pai de Neymar critica agente após negociação com PSG: “Às vezes fala demais”

Neymar
Foto: Reprodução/Instagram

Nos últimos meses a negociação entre Neymar e Paris Saint-Germain gerou grande repercussão após as entrevistas de Wagner Ribeiro, que revelou a quantia e um ‘bônus’ que o dono do time francês ofereceu para contratar o brasileiro. Porém as declarações não foram bem vistas pelo pai do camisa 11 do Barcelona.

LEIA MAIS
NEYMAR XINGA TORCIDA DO VALENCIA E LEVA GARRAFADA; VEJA
NEYMAR: “PODEM DAR COTOVELADAS E PANCADAS. EU NÃO VOU MUDAR MEU JOGO”

Em entrevista à Rádio Cope, da Espanha, Neymar Santos foi questionado se estava irritado com Wagner Ribeiro. O pai do jogador não negou a chateação.

“Estou um pouco (irritado com Wagner). Ele é um amigo de muitos anos. Mas às vezes fala demais. Às vezes perde a consciência das consequências do que está falando. Fala com um jornal, manda recado por certas coisas que não vêm ao caso… Isso gera dano. Tive uma conversa com ele sobre isso, falamos por mensagens. Wagner diz as coisas e eu tenho que defender meu filho. Eu tenho que por a cara”, criticou.

Vale ressaltar que em setembro, no programa Bola da Vez, da ESPN, Wagner Ribeiro havia revelado toda a proposta que o dono do PSG, o xeque Nasser e Al-Khelaïfi, havia oferecido para Neymar ir jogar no clube parisiense.

“Ele disse para o Neymar: O que você que para jogar no PSG? Nós te queremos. O Neymar deu risada. Aí eu perguntei: O que vocês oferecem? A parte econômica eu falo com o Olivier. Ele falou: Eu posso fazer uma rede hotéis no mundo e te dar um percentual… Aí cresceu o olho. Como assim? O Neymar ter marca de hotel, ser dono de hotel?”, revelou. “Aqui na França eu te garanto que você não vai ter nenhum problema tributário, te pago tudo isento de impostos. Eu posso te arranjar um jatinho para você fazer suas viagens para o Brasil sem ter que pegar voo de carreira quando você precisar se apresentar à seleção. O Neymar ficou entusiasmado. Ele ainda disse: Você vai ser o número um. Aqui no PSG você será o número um”completou na época.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.