Palmeiras é campeão brasileiro indoor em quatro categorias e vice em duas

Crédito montagem : Heron Ledon

O Palmeiras/Raycon sagrou-se campeão do Campeonato Brasileiro Indoor 2016 em quatro categorias e vice em outras duas classes. A classificação final foi divulgada nesta semana pela Confederação Brasileira de Tiro com Arco, provando mais uma vez que o Verdão é um dos principais clubes do país na modalidade. As conquistas deste ano, inclusive, superam as obtidas na edição passada, em que o clube teve um ouro, duas pratas e um bronze.

LEIA MAIS: ARQUEIRO DO PALMEIRAS TERMINA EM TERCEIRO LUGAR NO BRASILEIRO MASTER DE ARCO E FLECHA

O Brasileiro Indoor foi realizado em cinco etapas, de março a setembro, sendo consideradas apenas as três melhores pontuações de cada atleta – as federações fazem suas provas localmente e enviam os resultados à Confederação. E os atletas palestrinos souberam manter o alto nível ao longo de todas as disputas.

Bronze em 2015, Rogerio de Lima, também conhecido como Zero, sagrou-se campeão da categoria Composto Masculino Adulto com 1.746 pontos dos 1.800 possíveis. Os bons resultados de Zero e seus companheiros Fabio Tassinari (8º lugar, com 1.716 tentos) e Vilson Tonão (14º lugar, com 1.693) lhes renderam o título por equipes, com total de 5.155 pontos. O trio havia ficado com o vice no ano anterior.

“Esse título é bem legal porque a competição foi muito forte, com 108 participantes, e a dificuldade aumentou nas últimas etapas, tanto que eu fiquei em primeiro com diferença de um ponto para o segundo colocado. Também estou muito contente pelo ouro por equipes. Tivemos uma pontuação alta, e tudo isso ainda serve de ânimo e gás para o Brasileiro Outdoor, que vamos disputar no início de novembro”, contou Zero.

Outro grande destaque do Palmeiras/Raycon foi a dobradinha de Julio Cesar de Oliveira e Ademar Carlini no topo do pódio da classe Composto Masculino Adulto Paralímpico. Julio foi vice em 2015 e agora pegou o ouro ao fazer 1.682 pontos. Ademar também fez um ótimo trabalho – 1.637 pontos – para garantir a prata. “Tudo é a questão de foco e treinos que puderam ser intensificados nessas ultimas etapas do campeonato”, afirmou Ademar.

Os atletas palestrinos do Recurvo Masculino Master também fizeram bonito. Em sua primeira participação na categoria, Magdiel Santos provou sua qualidade e ficou com o título ao emplacar 1.642 pontos. O trio palmeirense – formado por Magdiel, Wladimir Junior (8º lugar, com 1.553), Décio Valente (10º lugar, com 1.501) – somou 4.696 tentos e se sagrou vice-campeão por equipes, a apenas oito pontos do primeiro colocado.

“Realmente é um ano cheio de emoção. Primeiro a medalha de bronze no Mundial Indoor da IFAA. Em seguida, depois de fazer ótimas competições, abri larga vantagem e consegui atirar muito melhor. Ser campeão brasileiro e estar próximo do ouro paulista é algo que dá muito orgulho. Levar meu Verdão ao topo do pódio é pura emoção, também ao lado dos meus companheiros”, afirmou Magdiel.

A arqueira Isabella Tonão era a atual campeã da classe Composto Feminino Juvenil e, em seu primeiro ano na Adulto, ficou na sexta colocação, com 1.647 tentos. Já Ivando da Silva ficou muito próximo de conquistar uma medalha na Composto Masculino Master. Ele terminou no quarto lugar, com 1.661 pontos, a apenas um tento do terceiro colocado e a três do medalhista de prata. A palestrina Yohana Lazarova participou de apenas duas provas e ficou na 11ª posição da categoria Recurvo Feminino Cadete.

Confira as colocações finais dos arqueiros do Verdão no Campeonato Brasileiro Indoor:

Composto Masculino Adulto
1º lugar – Rogerio de Lima – 1.746 pontos
8º lugar – Fabio Tassinari – 1.716 pontos
14º lugar – Vilson Tonão – 1.693 pontos
19º lugar – Julio Cesar de Oliveira – 1.682 pontos
40º lugar – Ademar Carlini – 1.637 pontos

Composto Masculino Adulto por Equipes
1º lugar – Rogerio, Fabio e Vilson – 5.155 pontos

Composto Masculino Adulto Paralímpico
1º lugar – Julio Cesar de Oliveira – 1.682 pontos
2º lugar – Ademar Carlini – 1.637 pontos

Composto Masculino Master
4º lugar – Ivando da Silva – 1.661 pontos

Composto Feminino Adulto
6º lugar – Isabella Tonão – 1.647 pontos

Recurvo Masculino Master
1º lugar – Magdiel Santos – 1.642 pontos
8º lugar – Wladimir Junior – 1.553 pontos
10º lugar – Décio Valente – 1.501 pontos

Recurvo Masculino Master por Equipes
2º lugar – Magdiel, Wladimir e Décio – 4.696 pontos

Recurvo Feminino Cadete
11º lugar – Yohana Lazarova – 928 pontos (só disputou duas provas)