Palmeiras tem cinco Libertadores no elenco, mas só 10% dos jogadores venceu o Brasileirão

Palmeiras
Crédito da foto: Cesar Greco / Palmeiras

O Palmeiras está a quatro vitórias do título do Campeonato Brasileiro, um troféu que o clube não ergue desde 1994. Mas você sabia que 90% do elenco alviverde não sabe esse gostinho? Dos 33 jogadores do Verdão cadastrados no site oficial, apenas três deles já venceram o Brasileirão por outros clubes. Para o restante, os 30 outros atletas, incluindo o experiente Zé Roberto, a sensação será inédita, caso o Alviverde confirme o favoritismo.

LEIA TAMBÉM:
Palmeiras se apoia em campanha como visitante para desbancar o Santos na Vila
Fernando Prass volta a treinar com bola no Palmeiras; veja 

De todos os jogadores do Palmeiras, somente o lateral-esquerdo Egídio, o zagueiro Edu Dracena e o meia Jean já foram campeões brasileiros, o que representa menos de 10% do grupo alviverde. Nem mesmo o técnico Cuca conquistou esse título na carreira.

Campeão por São Paulo e Flu, Jean busca tri brasileiro no Palmeiras. Foto: César Greco / Ag. Palmeiras
Campeão por São Paulo e Flu, Jean busca tri brasileiro no Palmeiras. Foto: César Greco / Ag. Palmeiras

Egídio foi bicampeão nacional quando defendia o Cruzeiro, em 2013 e 2014; já Dracena foi vencedor do Brasileirão em 2013, também com o Cruzeiro, e em 2015 com o Corinthians; finalmente Jean foi campeão brasileiro em 2008 com o São Paulo e em 2012 com o Fluminense.

Se vencer o Brasileiro é uma tarefa árdua para a maioria do elenco do Palmeiras, ao menos esses jogadores têm outros “atributos” para oferecer, pensando até numa possível conquista da Libertadores de 2017.

Por exemplo, faturar o troféu mais cobiçado da América do Sul já é conhecido por três atletas alviverdes – o mesmo Dracena, que venceu o torneio em 2011 pelo Santos junto com o volante Arouca; e Alecsandro, esse bicampeão (pelo Internacional em 2010 e o Galo em 2013 junto com Cuca).

Zé Roberto, então, tem no currículo: o Campeonato Alemão (02/03, 04/05, 05/06 e 07/08) pelo Bayern de Munique, a Copa América (1997 e 1999) e a Copa das Confederações (1997 e 2005) pela seleção brasileira e o Campeonato Espanhol (1996-1997) pelo Real Madrid.

Para tentar dar mais um passo rumo a esse título inédito para muita gente, o Verdão enfrenta o Santos, sábado, às 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro pela 33ª rodada. Até o momento, o time comandado por Cuca lidera a competição com 67 pontos, seis a mais que o Flamengo.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.