Pode isso? Filho de político russo luta MMA (e vence!) com apenas 11 anos

Reprodução/YouTube

Lutar MMA é algo que causa calafrios em muitos lutadores. Que o diga o judoca francês Teddy Riner, bicampeão olímpico e invicto na modalidade desde 2010. Mas, na Rússia, ao que tudo indica, o ingresso nas artes marciais mistas é feito desde a infância. Em um evento ocorrido na cidade de Grozni, na região russa da Chechênia, o filho do presidente checheno, Ramzan Kadyrov, mostrou que tem futuro para o mundo das lutas: com apenas 11 anos, ele venceu uma outra criança nesta terça-feira (4).

LEIA MAIS:
INVICTO DESDE 2010, BICAMPEÃO OLÍMPICO DE JUDÔ RECUSA MMA: “MUITO VIOLENTO”
LUTO NO MMA! AOS 28 ANOS, MORRE JOSH SAMMAN, DO UFC

Contrariando a proibição ao MMA infantil que vigora na maior parte dos países, o World Fight Championships of Akhmat colocou crianças para lutar. E não eram quaisquer crianças: o Adam Kadyrov, filho do presidente checheno Ramzan Kadyrov, entrou no ringue. Aos 11 anos, o garoto venceu David Khalatov na decisão dos jurados. Detalhe: os meninos lutaram como gente grande, com luvas e nenhuma proteção para o corpo. Nem mesmo capacete.

Adam, de luvas vermelhas, precisou de dois rounds para derrotar o rival. Agressivo, o filho do político tomou a iniciativa do combate e chegou a aplicar uma boa queda no adversário. Veja como foi o duelo:



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.