Pokémon GO: jogador afirma ter encontrado Ditto na África

Pokémon GO
Foto: Reprodução

Sucesso em vários países no mundo, Pokémon GO chegou a 31 países do continente africano apenas na última terça-feira (4), mas já está dando o que falar.  Alguns jogadores  alegam ter encontrado o monstrinho Ditto, um dos pouco que ainda não havia dado as caras no game, por lá. Será?

LEIA MAIS:
Pokémon GO: veja o que acontece quando alguém chega ao nível mais alto do jogo
Pokémon GO: veja quais são os dados que o game está coletando dos celulares

O Pokémon teria sido encontrado em Edenvale, África do Sul. Um dos jogadores enviou o print do Ditto capturado para o site Pokémon GO Hub.

Por enquanto, apesar da imagem, a exclusividade de continente e o fato de Ditto ter aparecido na África não estão confirmados oficialmente.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Até o momento, Ditto era um dos Pokémon que ainda não havia sido capturado em Pokémon GO, ao lado dos lendários Articuno, Zapdos, Moltres, Mewtwo e Mew. Mas caso a informação seja confirmada, assim como a exclusividade de continente, Ditto se juntá a um rol que conta com Mr. Mime (Europa), Kangaskhan (Oceania), Tauros (América do Norte) e Farfetch’d (Ásia).

PRÓXIMA ATUALIZAÇÃO:

A próxima atualização da Niantic em Pokémon GO promete facilitar a busca por monstrinhos raros. A desenvolvedora garante que a nova funcionalidade permitirá que o usuário com um certo número de medalhas receba um bônus na hora de encontrar Pokémon mais difíceis.

Com a atualização, um usuário com um número grande de Pokémon aquáticos, por exemplo, terá chances maiores de ver Pokémon aquáticos raros. As condições para receber esse bônus ainda não foram especificadas.

A Niantic não confirmou a data da próxima atualização, mas disse que ela ocorrerá “em breve”.

VEJA TAMBÉM: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O POKÉMON GO 

Pokémon GO é um game gratuito de realidade aumentada criado para plataforma mobile – smartphones Android e iOS –  que utiliza o GPS do aparelho para promover a interação do mundo real com o virtual, fazendo com que os jogadores se desloquem fisicamente em busca de capturar Pokémon.