Possível substituto de Jailson tem fama de “pegador de pênaltis” no Palmeiras desde a base

César Greco / Ag. Palmeiras

O Palmeiras não poderá contar com o suspenso Jailson no próximo sábado para enfrentar o Santos, na Vila Belmiro, pela 33a rodada do Campeonato Brasileiro. Dessa forma, o técnico Cuca tem dúvidas quanto ao goleiro que irá defender a meta alviverde na Baixada. Vagner é o reserva imediato, porém suas más atuações abriram brecha para o jovem Vinicius Silvestre, de 22 anos e cria das categorias de base do clube.

LEIA TAMBÉM:
Enquete: quem deve ser o substituto de Jailson no Palmeiras para o clássico? Vote!

Alejandro Guerra no Palmeiras? Veja o que sabemos sobre o caso
Palmeiras pode indicar uso de grama sintética no Allianz Parque em breve; entenda
Mariah Carey cancela show e gramado de estádio do Palmeiras ganha “fôlego”

Se você nunca ouviu falar do homem, é impossível não reparar em Vinicius se passar perto de todos os jogadores do Palmeiras. Tudo porque o goleiro, camisa 48, é o jogador mais alto do elenco alviverde – com 1,95m de altura, o arqueiro ultrapassa verdadeiras “torres” do time como o zagueiro Yerry Mina (1,93m) e o goleiro Fernando Prass (1,91m), que treinou pela primeira vez com bola na última terça-feira.

Se Cuca optar por escalar Vinicius contra o Santos, o torcedor do Palmeiras pode ter certeza de uma coisa: o homem pega muito pênalti. O goleiro foi decisivo para o clube em vários jogos na base, como na decisão da Copa Rio Sub-17, torneio vencido pelo Verdão em 2011. O arqueiro também foi primordial para o time alviverde na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro, ambos torneios sub-20, de 2013 e 2014.

Vinicius chegou a ter passagem rápida pelo rival Corinthians, mas se firmou mesmo no Palmeiras, onde chegou em 2006 quando teve a oportunidade de dividir o espaço na Academia de Futebol com o ídolo Marcos. O jovem de 22 anos ainda não estreou pelo time principal, porém foi bastante elogiado por Cuca em entrevista coletiva do técnico após a vitória contra o Sport no final de semana passado.

O treinador do Palmeiras disse que sua escolha vai depender da opinião do preparador de goleiros Oscar Rodrigues. Contra o Sport, foi Vinicius quem ficou como opção no banco. Antes de Jailson assumir a titularidade da equipe, Vagner foi escalado em quatro partidas, mas amargou falhas contra Botafogo e Chapecoense. Consequentemente acabou perdendo espaço até para o jovem Vinicius.

Veja um raio-X do goleiro do Verdão:



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.