Presidente do América rebate Nepomuceno e ameaça proibir jogos do Galo no Independência

(Foto: Divulgação/AFC

Depois do presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, detonar a escolha do América-MG em vender seu mando de campo para Londrina, onde enfrenta o Palmeiras neste domingo pelo Brasileirão, agora foi a vez do mandatário do Coelho rebater as declarações do dirigente atleticano.

LEIA MAIS:

AMÉRICA-MG X PALMEIRAS: PRESIDENTE DO ATLÉTICO DISPARA CONTRA VENDA DE MANDO DO COELHO

ATLÉTICO-MG E PALMEIRAS PODEM TER ENORME PREJUÍZO EM “DECISÃO” EM NOVEMBRO

“QUEM DIZ UMA BOBAGEM DESSA NUNCA JOGOU BOLA NA VIDA”, DISPARA NETO SOBRE “CUCABOL”

Alencar da Silveira, um dos homens fortes da cúpula do América, disparou em sua conta oficial no twitter ameaçando, inclusive, de proibir os jogos do Atlético-MG, no Independência.

– Se o Daniel continuar enchendo o saco pela transferia do nosso jogo vou proibir o Atlético de jogar no nosso estádio, inquilino é duro! – escreveu Alencar.

ENTENDA A POLÊMICA

A diretoria do América-MG vendeu seu mando de campo para encarar o Palmeiras neste domingo pelo Campeonato Brasileiro. Antes marcado para o Horto, o confronto será disputado no estádio do Café, em Londrina. Como o reduto tem forte concentração e torcedores do time paulista, o Atlético-MG entende que esta atitude do alviverde de Minas Gerais, favorece o Palmeiras e prejudica os demais concorrentes na briga pelo título.

O América justifica que o intuito não é a venda do mando de campo, mas sim, a bilheteria. Fabiano Jardim, um dos presidentes do clube de Belo Horizonte, diz que a postura se deve a necessidade de fazer caixa.

Realmente, a gente está aquém do que era esperado para o ano de 2016. Isso gerou uma necessidade de caixa, para fechar as contas. A proposta financeira feita foi muito boa para o clube. Não estou vendendo um jogo, mas sim o direito econômico da bilheteria”, afirma Fabiano.

*Siga o autor em sua nova conta no Twitter