Reforços e direitos de TV: listamos as pendências que o próximo presidente do Palmeiras terá para resolver

Paulo Nobre
Cesar Greco/ Ag.Palmeiras

O Palmeiras irá eleger no final desta ano o próximo presidente que comandará o clube até 2018. Mauricio Galiotte, atual vice-presidente da gestão Paulo Nobre, é candidato único e deverá ser confirmado no cargo após as eleições. Mas apesar do bom ambiente, já que o Verdão briga por títulos e é uma das equipes mais rentáveis do Brasil, o trabalho para o próximo mandatário não será nada fácil.

LEIA MAIS:
Abre o olho, Mattos! Torcida do Palmeiras já tem lista de reforços para 2017

Paulo Nobre já admitiu que deixará algumas pendências do Palmeiras para o próximo presidente resolver, já que está no final de seu mandato e não quer se precipitar em determinados assuntos e situações.

O Torcedores.com listou algumas dessas pendências que ficarão para o próximo mandatário resolver; confira!

RENOVAÇÕES:

Alguns jogadores importantes do elenco, como Jaílson, Zé Roberto e Alecsandro, possuem contratos até dezembro e ainda não sabem se permanecerão no clube após a temporada.

Nesta semana, em entrevista coletiva, Alecsandro admitiu que as conversas por renovação só serão iniciadas pelo novo presidente. “Tivemos uma conversa interna com jogadores, comissão e diretoria: os jogadores que possuem contrato ao término do ano serão vistos. (…) A diretoria não deu data e se justifica pela mudança na presidência, então ainda está com um pouco de cautela, mas todos serão conversados até o final do Campeonato Brasileiro”.

Além dos jogadores, o técnico Cuca e o diretor de futebol Alexandre Mattos, também possuem contratos até o final da temporada.

Sobre o técnico, o vice-presidente do Palmeiras, Jesse Ribeiro, já garantiu sua permanência. “O Cuca está muito bem aqui e é a prioridade do Palmeiras. Não há nada de errado, o grupo o adora e nós já estamos trabalhando para mantê-lo. Trata-se de um técnico muito competente e trabalhador e temos certeza de que ele também vai querer ficar”, afirmou Jesse em entrevista ao Blog do Jorge Nicola.

VEJA TAMBÉM:
Veja como o G-6 do Brasileirão pode ajudar o Palmeiras na briga pelo título
Pierre destaca passagem pelo Palmeiras: “Marcou na minha vida”

DIREITOS DE TRANSMISSÃO:

Globo ou Esporte Interativo? O Palmeiras precisa fechar o acordo com um dos canais pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2019, mas brecou as negociações em junho deste ano. O Verdão é o único grande que ainda não anunciou um novo vínculo de transmissão, até por não precisar do adiantamento do pagamento de TV, como os rivais.

Uma enquete realizada pelo Torcedores.com mostra que uma maioria esmagadora de palmeirenses que apoiam o canal da Turner. 92% dos alviverdes prefere um acordo com o Esporte Interativo.

WTORRE:

Nesta semana a gestão do Paulo Nobre levou a melhor sobre a WTorre na antiga briga envolvendo as cadeiras do Allianz Parque após a decisão foi da câmara de árbitros da Fundação Getúlio Vargas. Mas em maio o Palmeiras perdeu em três itens para construtora em arbitragem sobre o estádio: valor de ingressos, bilhetes eletrônicos e catracas.

O imbróglio entre o clube e WTorre é antigo, mas caberá ao próximo presidente tentar apaziguar as coisas entre as partes envolvidas, até porque ainda existem algumas situações para ser julgadas.

REFORÇOS:

O Palmeiras faz uma temporada muito boa e pode confirmar o título do Campeonato Brasileiro em 2016, mesmo assim, é inegável admitir que o clube precisa de reforços para a próxima temporada, quando buscará o título da Libertadores. Alguns nomes já começam a ser especulados no Verdão, mas novamente, caberá ao próximo presidente definir as contratações para 2017.

Será que vai ter trabalho o futuro mandatário do Palmeiras?