Reunião vai definir o valor que o Palmeiras pagará por Raphael Veiga

Palmeiras
Foto: Divulgação

O Palmeiras está bem próximo de fechar com mais um reforço para a próxima temporada. Já com os salários e tempo de contrato acertados com o meia Raphael Veiga, do Coritiba, o Verdão agora negocia a forma de pagamento. Uma reunião, que será realizada até o fim desta semana, deve selar o valor a ser pago pelo clube paulista para ficar com o jogador.

LEIA MAIS:

MOISÉS REVELA QUAL É O MELHOR VOLANTE COM QUEM JÁ JOGOU
ALEJANDRO GUERRA NO VERDÃO? VEJA O QUE SABEMOS SOBRE O CASO
PUNIÇÃO AO FLA EM 2013 PREOCUPA TORCIDA DO VERDÃO, MAS ALLIONE PODERIA ENCARAR SPORT

Os direitos de Raphael Veiga são divididos entre o Coxa, que detém 70%, e o grupo Pão de Açucar, que é dono dos 30% restantes. Por isso, o Palmeiras e o jogador aguardam uma reunião da alta cúpula da rede de varejo para definir o que farão com a porcentagem que têm direito.

De acordo com reportagem da “Espn.com.br“, a proposta do Palmeiras para pagar a multa rescisória, que é de R$ 9,7 milhões, é dar uma parte em dinheiro e outra repassando atletas para o time parananense, além de deixar um percentual com o Coxa (20%).

De acordo com o ex-jogador e agente Fabio Mello, consultor do Pão de Açucar, desde que a empresa foi comprada pela rede francesa Casino, a mesma sugestão será feita aos investidores.

Devo ter uma reunião até o fim desta semana com o Pão de Açúcar para definir o valor da operação (pelo Raphael Veiga) e porcentagem“, explicou Mello. “Eu, como executivo do grupo, recomendarei carregar um percentual“, continuou.

Desta forma, é possível que o Palmeiras tenha que pagar bem menos do que a multa rescisória, mas não terá 100% dos direitos econômicos do atleta.

Coritiba acusa o Palmeiras

De acordo com dirigentes do Coxa, o clube tentou renovar o contrato com Raphael Veiga, de 22 anos, porém, decidiu desistir da ideia após constatar que ele teve “a cabeça feita” por pessoas ligadas ao time paulista. O contrato atual tem duração até dezembro de 2017.

Por isso, o clube do Paraná já avisou que só tomará uma decisão em relação ao negócio quando o Pão de Açucar se decidir.

Negócios entre os clubes

Antes do desentendimento em relação a Raphael Veiga, a relação entre Palmeiras e Coritiba era muito boa. O Verdão inclusive emprestou três jogadores ao Coxa no início desta temporada. Os atacante Vinícius e Leandro e o volante Amaral tem contrato de empréstimo com o time curitibano até o fim de 2016.