Ricardo Oliveira deve jogar clássico, mas ainda há uma dúvida no Santos

Reprodução/Facebook Ricardo Oliveira

O atacante Ricardo Oliveira não deve ser problema para o técnico Dorival Júnior no clássico do próximo sábado (29) diante do Palmeiras, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador deixou a partida do Santos contra a Chapecoense com dores na coxa direita, precisou ser avaliado pelo departamento médico, mas voltou aos treinos na última quarta-feira (26).

LEIA MAIS:
MERCADO DA BOLA: AGENTE NEGA QUE GUM ESTEJA DE SAÍDA DO FLU PARA O SANTOS

A presença quase certa de Ricardo Oliveira dá um “alívio” para o comandante do Peixe, uma vez que tem sido bastante complicado encontrar um substituto à altura para o camisa 9, pois Joel e Rodrigão não conseguem corresponder quando recebem as chances.

Por outro lado, o artilheiro santista no Campeonato Brasileiro, até aqui, Vitor Bueno, com 10 gols, ainda não treinou com bola esta semana no gramado do Centro de Treinamento Rei Pelé e não sabe se mede forças no duelo diante do Palmeiras. Ele se recupera de lesão muscular grau 2 na coxa esquerda.

Vitor Bueno estava recuperado dessa mesma lesão, tanto é que voltou aos gramados nos quinze minutos finais da partida contra o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro. No entanto, mesmo atuando por apenas alguns instantes, o meio campista voltou a sentir a contusão e ficou de fora na eliminação para o Internacional, na Copa do Brasil, e também diante da Chapecoense, no Brasileirão.

Caso o meio campista não consiga entrar em campo diante do rival alviverde, a escolha natural para Dorival Júnior montar o time deve ser Jean Mota, que tem sido titular nos últimos jogos e agradou bastante. Com isso, o Santos deve ir a campo com: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Luiz Felipe, Zeca; Thiago Maia, Renato, Jean Mota; Lucas Lima, Copete e Ricardo Oliveira.

O Santos está na quarta colocação do Campeonato Brasileiro com 58 pontos, nove atrás do Palmeiras, que é líder da competição. Para continuar sonhando com um possível título, o alvinegro considera essencial derrotar o rival no confronto do próximo sábado (29), às 19h30.