Rizek critica jogadores da seleção que ‘ignoraram’ morte de Capita: “Não estão nem aí”

André Rizek
Crédito da foto: Reprodução/SporTV

O apresentador André Rizek “alfinetou” a postura dos jogadores da seleção brasileira após a morte de Carlos Alberto Torres, tricampeão mundial com a camisa verde e amarela em 1970. Somente um se manifestou: o atacante Gabriel Jesus, do Palmeiras, o que rendeu reconhecimento do jornalista.

VEJA MAIS
ABEL NETO SE EMOCIONA AO CITAR ÉPOCA EM QUE O PAI JOGAVA COM CARLOS ALBERTO TORRES
APRESENTADOR DO SPORTV CHORA AO FALAR DA MORTE DE CARLOS ALBERTO TORRES

“Teve um jogador que se manifestou. Nossa equipe está monitorando as redes sociais desde ontem [terça] e o menino Gabriel Jesus publicou no Instagram: ‘O futebol perde uma grande pessoa, mas ganha uma lenda eterna’. Gabriel Jesus, parabéns, você foi o único”, disse Rizek nesta manhã de quarta-feira (26) no “Redação SporTV”.

Na sequência, o âncora não poupou os outros atletas do Brasil. “A gente ficou um tanto chocado aqui de como os jogadores de hoje da seleção não estão nem aí. Os jogadores conhecem muito pouco o passado, valorizam muito pouco o passado do futebol brasileiro, então, não é tanta surpresa assim. Eu lamento, acho uma vergonha, mas não é uma surpresa pelo que a gente conhece”, disparou.

Carlos Alberto Torres, o Capita, morreu na terça-feira (25) após uma parada cardíaca fulminante, aos 72 anos. Ele era comentarista do SporTV e havia participado de programas do canal no último fim de semana. A notícia abalou a equipe da emissora, que homenageou o ex-jogador durante toda a sua programação do dia.



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Foi repórter colaborador e hoje é líder da comunidade de colaboradores juniores, plenos e seniores no site Torcedores.com.