Róger Guedes diz que enfrentar o América-MG em londrina é uma vantagem pro Palmeiras

(Foto: César Greco/Ag. Palmeiras)

O Palmeiras é o líder do brasileirão e está a dez rodadas de levantar a taça. Com isso, todos os próximos jogos são encarados como finais para os jogadores. O próximo compromisso do Verdão é diante do América-MG, pela 29º rodada do brasileirão. Porém, o jogo não será no independência. A partida vai ser no estádio do Café, em Londrina, onde o Alviverde tem boa torcida.

LEIA MAIS:
Tostão cita vantagens do Palmeiras contra o Flamengo na luta pelo Brasileirão
Alecsandro critica TJD por caso de doping: ‘Foi bem amador’
Presidente do Palmeiras exalta sucessor e afirma: “estarei à disposição”

Em entrevista ao SportTv.globo.com, o atacante falou sobre o confronto e a vantagem do Verdão. “Nessa questão (de jogar em Londrina) facilita sim um pouco. Jogar no Arruda contra o Santa Cruz é muito difícil, a gente sentiu essa pressão lá no último jogo. Contra o América-MG vai ser um jogo neutro, nem fora e nem dentro de casa. O fato de o jogo ser levado para lá vai ter bastante torcida do Palmeiras, tem bastante palmeirense em Londrina, mas vai ser um jogo difícil”, falou o jogador

O América é o mandante, mas só venceu os jogos disputados no Independência. Com isso, para Róger Guedes, só se pode falar em vitória na partida. “A gente vai com força total, a gente não sabe o time ainda, lógico que na reta final a gente tem que mostrar para continuar líder. Jogo difícil, ainda mais que para o América-MG é uma final como é para a gente. Eles vão em busca do resultado. Aqui dentro (da Arena Palmeiras) eles vieram um pouco atrás, mas lá eles devem sair um pouco mais para o jogo. A gente tem que cuidar bastante do time deles, temos que ganhar para somar os três pontos e distanciar de Flamengo e Atlético-MG, esses times que estão na nossa cola”, acrescentou o jogador

Apesar do Palmeiras enfrentar o Lanterna, nos últimos jogos contra times que lutam na parte debaixo da tabela, a equipe encontrou certas dificuldades, mas para o atacante isso serve de sinal de alerta para o time. “Daqui para frente vai ser todo jogo uma final. A gente sabia que ia ser um jogo difícil, ainda mais com equipes que estão lá embaixo na tabela e querem sair dessa situação. Eles têm que fazer campanha de G-4 praticamente para sair. O jogo com o América-MG vai ser mais difícil ainda, lá em Londrina, tomara que tenha bastante torcida nossa presente para ajudar a ir em busca dos três pontos. A gente sabe que vai ser um jogo muito difícil, vai ser um jogo como contra o Santa Cruz, atrás da linha da bola, mas na hora que tiver que atacar a gente tem que fazer os gols para sair com os três pontos”, concluiu.

A Partida entre América-MG X Palmeiras será no domingo, as 17h.