Seleção Uruguaia critica federação local por uso indevido dos direitos de imagem

Divulgação/AUF

A Seleção Uruguaia de futebol resolveu vir a público e criticar a federação do pais pelo uso indevido da imagem dos jogadores. O porta voz do manifesto foi o zagueiro Diego Godin, que expôs o conteúdo da carta em seu Twitter:

“Esta semana os jogadores da seleção uruguaia decidiram intimar a AUF (Associação Uruguaia de Futebol) e a empresa TENFIELD para que parem, de forma imediata, de usar nossa imagem de maneira ilegal, reservando assim, nossos direitos”, diz uma parte do comunicado.

Em outro trecho da carta, o zagueiro do Atlético de Madrid pede o fim da intermediação dos direitos de imagem da seleção uruguaia e de seus jogadores por parte da TENFIELD:

“Acreditamos que o patrimônio da celeste devem ser vendidos diretamente para o consumidor final para que seja obtido maiores ganhos para o nosso futebol. E queremos dizer a nosso povo que não cederemos nossa imagem a nenhum intermediário”.

O Uruguai está em segundo lugar nas Eliminatórias Sul-americanas com 20 pontos, um ponto a menos que o líder Brasil. A seleção uruguaia enfrenta na próxima rodada o Equador e o Chile, respectivamente.

LEIA MAIS:  ATACANTE ARGENTINO REVELA DOPING E SUBORNO NA COPA DO MUNDO DE 78