Tudo ou nada! Antes de receber o Flamengo, rivais do Galo terão clássicos pela frente; veja tabela

Bruno Cantini

Apesar do empate contra o Corinthians em 0 a 0 na última quarta-feira, pelo Brasileirão, o Atlético-MG não joga a toalha e continua na luta pela ponta da tabela de classificação. Hoje pela manhã em coletiva na Cidade do Galo, em Vespasiano, o técnico Marcelo Oliveira lamentou a possibilidade de ver seus adversários abrirem vantagem neste final de semana, porém, o comandante alvinegro prefere olhar para frente e aponta os próximos quatro jogos como decisivos para a vida do clube em 2016.

LEIA MAIS:

AMÉRICA-MG X PALMEIRAS: PRESIDENTE DO ATLÉTICO DISPARA CONTRA VENDA DE MANDO DO COELHO

MARCELO OLIVEIRA TERÁ DOIS PROBLEMAS CERTOS PARA JOGO CONTRA O AMÉRICA-MG

“QUEM DIZ UMA BOBAGEM DESSA NUNCA JOGOU BOLA NA VIDA”, DISPARA NETO SOBRE “CUCABOL”

O primeiro será na quinta-feira quando fará o clássico contra o América-MG. No domingo (16), vai até o Rio de Janeiro e encara o Botafogo, no Luso Brasileiro. Já na 33° rodada retorna a Belo Horizonte no dia 23 e enfrenta o Figueirense em partida marcada para o Independência. Depois, novamente na capita mineira, o alvinegro medirá forças contra o Flamengo, confronto este com ares de decisão para as pretensões do Galo.

Neste período, ainda tem o duelo da volta pelas quartas da Copa do Brasil contra o Juventude, em Caxias do Sul.

Em relação a possibilidade de abrirem vantagem, não tinha como ser diferente. Nós tínhamos dois jogos fora de casa. Mas daqui para frente, três dos quatro jogos são em casa. Então é pensar positivamente e preparar bastante, para pontuar bem nesses jogos e ver o que vai acontecer por lá. Se a gente perder o fio da meada e distanciar de Palmeiras e Flamengo, com poucos jogos restante, dificilmente vamos recuperar por causa da regularidade que estão apresentando. E Copa do Brasil é um jogo decisivo. Então temos de estar muito concentrados nesses aspectos, fazer uma pontuação boa no Brasileiro e na Copa do Brasil e ir lá e buscar um resultado que nos dê a classificação à semifinal”, destacou Marcelo.

VEJA TAMBÉM: ATLÉTICO-MG E PALMEIRAS PODEM TER ENORME PREJUÍZO EM “DECISÃO” EM NOVEMBRO

Além do fator casa ser favorável ao Atlético-MG, os rivais diretos pelo título não terão vida fácil. Após encarar o Coelho no domingo, o Palmeiras enfrenta o Cruzeiro que briga para não cair e depois faz o clássico frente ao Santos, na Vila Belmiro. Já o Flamengo, antes de ir a BH medir forças contra o Galo, encara o Fluminense, rival que luta por uma vaga na Libertadores e na sequência viaja para Porto Alegre onde duela contra o Internacional, que briga para escapar da degola.

“A gente conversa diariamente sobre o nosso momento, sobre o campeonato, a reta final. Está afunilando, estamos na reta decisiva. É importantíssima a regularidade”, finalizou Marcelo.