10 coisas que a torcida do Flamengo inveja no Palmeiras

Palmeiras vence Flamengo
Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação Site Oficial

Palmeiras e Flamengo estão protagonizando uma das maiores rivalidades do futebol brasileiro em 2016. Apesar do time rubro-negro ter se distanciado da briga pelo título, ficando sete pontos atrás do Verdão, os torcedores dos dois times segue se provocando nas redes sociais. 

“Cheirinho de hepta”, “cheirinho de bacon”, “time ajudado pela arbitragem”,  e outros argumentos são usados diariamente e, principalmente, após cada rodada do Brasileirão para atacar o adversário. A briga, inclusive, já passou das torcidas para os dirigentes das duas equipes.

Paulo Nobre, por exemplo, deu uma entrevista coletiva para cobrar atenção com relação a uma possível pressão do Flamengo na arbitragem após o polêmico clássico Fla-Flu. Na rodada seguinte foi a vez dos dirigentes cariocas reclamarem de que o Verdão havia sido beneficiado na partida contra o Figueirense.

Na última semana, Antonio Tabet, vice-presidente de comunicação do Flamengo, usou seu perfil no Twitter do “Kibe Loco”, seu site humorístico, para alfinetar o Verdão pegando o gancho na suposta fatura do cartão de crédito do apresentador Luciano Huck. Na versão do Palmeiras, os gastos seriam comprando a arbitragem do Brasileirão para conseguir garantir o título.

Mas além de ter o Paleiras como principal objetivo, já que o time alviverde é o líder do Brasileirão, por que será a que a torcida do Flamengo está tão preocupada com o que acontece no time do Cuca?

O Torcedores.com lista aqui 10 coisas que os flamenguistas invejam no Palmeiras; confira:!

HISTÓRIA:

A história do Palmeiras, com certeza, é uma das mais bonitas do futebol mundial. O clube nasceu em 1914 a partir da ideia de trabalhadores imigrantes italianos.  Já o Flamengo, por sua vez, foi criado para ser um clube de regatas e só em 1912 o futebol começou a surgir com mais força com atletas vindos do rival Fluminense.

Créditos: Divulgação/Palmeiras
Créditos: Divulgação/Palmeiras

Um dos momentos mais marcantes de toda história do Verdão aconteceu em 1942, quando devido a 2ª Guerra Mundial, o governo forçou a mudança de nome – que passou de Palestra Itália para Palmeiras. Nesse mesmo período ainda tentaram tirar a posse do estádio, mas o clube resistiu a tudo e apesar de tudo, sagrou-se campeão no mesmo ano.

TÍTULOS: 
O Palmeiras tem em sua galeria de troféus título como uma Copa Rio, uma Libertadores, uma Mercosul, três Copas do Brasil e oito Campeonatos Brasileiros. É o maior campeão nacional do futebol brasileiro.

Já o Flamengo, além de ser o maior campeão carioca, uma Copa Toyota, uma Libertadores, uma Mercosul, três Copas do Brasil e cinco Campeonatos Brasileiros.

Vale lembrar que o Palmeiras tem 18 anos de existência a menos que o Flamengo.
1º CAMPEÃO MUNDIAL:

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Reconhecido oficialmente pela Fifa, o Palmeiras é o primeiro campeão mundial de clubes. E apesar do Flamengo também ostentar um título mundial, o feito do Verdão tem uma relevância muito maior para o futebol brasileiro.

A conquista do Palmeiras aconteceu um anos após a derrota do Brasil para o Uruguai na Copa do Mundo, em pleno Maracanã. A vitória do Verdão diante da Juventus, no mesmo estádio. A competição foi utilizada para devolver o prestígio ao nosso futebol, como destacou a reportagem de Thomas Mazzoni, da Gazeta Esportiva, após o título do Palmeiras: “Não, meus amigos, não se repetiu o 16 de julho de 1950. Desta vez, a sorte não foi madrasta para o futebol do Brasil. Vencemos a Taça Rio, com honras e méritos. Fomos direitinho a ela, e o Palmeiras, hoje, é o clube campeão do mundo. Somente pode ser digno de orgulho de todos os torcedores brasileiros”.

ÍDOLOS:

ademir da guia
Foto: Divulgação/Palmeiras

Que o Zico, maior ídolo da história do Flamengo, também é um dos maiores ídolos do futebol nacional ninguém pode negar. Mas o time da década de 80 talvez seja o mais conhecido de toda história do clube rubro-negro.

No Palmeiras, por sua vez, podemos citar três grandes décadas das história do clube – 1ª Academia na década de 60; 2ª Academia na década de 70; e Era Parmalat na década de 90 -, o que automaticamente nos faz lembrar de nomes como Ademir da Guia, Leão, César Maluco, Djalma Santos, Luís Pereira, Marcos, Roberto Carlos, Edmundo, Evair, Rivaldo, Djalminha, Zinho e etc.

PALMEIRAS JÁ FOI BRASIL:

O Palmeiras já representou, literalmente, o Brasil. Em 7 de setembro de 1965, o time do Verdão disputou um amistoso contra o Uruguai. Por isso, o argentino Filpo Nuñez se tornou o único técnico estrangeiro da seleção brasileira.

O time formado por Valdir (Picasso); Djalma Santos, Djalma Dias e Ferrari; Dudu (Zequinha) e Valdemar Carabina (Procópio); Julinho (Germano), Servílio, Tupãzinho (Ademar Pantera), Ademir da Guia e Rinaldo (Dario) venceu o Uruguai por 3 a 0.

ALLIANZ PARQUE:

Um clube como o Flamengo, considerado o maior do país, o fato de não ter um estádio próprio pesa muito negativamente. Já o Palmeiras pode se dar ao luxo de ter a melhor arena multiuso da América Latina, e uma das melhores do mundo. E vale destacar que o estádio foi construído sem dinheiro público e é uma das maiores fontes de renda do Verdão desde a sua inauguração.

Palmeiras
Foto> Thiago Fatichi/ Allianz Parque

TORCIDA:

Apesar de ter a maior torcida do país, o Flamengo não consegue reverter isso em público, por exemplo. No Campeonato Brasileiro de 2016 o Palmeiras tem média de público de 31.545 mil torcedores. Já o time carioca tem pouco mais de 23 mil espectadores por jogo. E o Verdão ainda leva a melhor da média de público como visitante.

Mas além disso, a torcida do Palmeiras costuma fazer uma festa muito mais bonitas nas arquibancadas, em aeroportos, na porta do CT e até mesmo nas redes sociais.

SÓCIO-TORCEDOR:

Foto: César Greco / Ag. Palmeiras
Foto: César Greco / Ag. Palmeiras

Mais uma vez a torcida do Palmeiras prova porque é melhor que a do Flamengo. O Verdão é o segundo time com mais sócios-torcedores do Brasil – mais de 126 mil. O time rubro-negro ocupa a 7ª colocação com 75 mil.

Com a ajuda dos sócios o alviverde conseguiu contratar o atacante Dudu, em 2015, por cerca de R$ 19 milhões. O jogador não apenas se tornou um dos ídolos do time, como também é um dos melhores do Brasil. Essa é a força da torcida!

PATROCÍNIO:

Crefisa
Crédiso de imagem: Divulgação

O Palmeiras tem a camisa mais valiosa do Brasil, com um patrocínio da Crefisa/FAM de mais de R$ 66 milhões do ano. Além disso a patrocinadora ainda ajuda o clube na contratação de reforços. Além de Lucas Barrios e Thiago Santos, contratados em 2015, está disposta a colocar um jogador de peso no clube para 2017.

Já o Flamengo é patrocinado pela Caixa e recebe cerca de R$ 25 milhões por ano.

CONFRONTO DIRETO:

Para encerrar, o Palmeiras ainda leva a melhor sobre o Flamengo no quesito “confronto direto”. Em 85 confrontos, o Verdão venceu 35 e marcou 134 gols – o time carioca venceu 27, além de 23 empates entre as equipes.

Historicamente o Flamengo é freguês do Palmeiras.