“É preciso tirar Messi de sua zona de conforto”, diz Renato Augusto

Renato Augusto
Foto: divulgação/CBF

O clima quente de Brasil x Argentina já tomou contou conta do primeiro dia de treinos da seleção brasileira e Renato Augusto, em entrevista coletiva após o treino desta segunda (7), adiantou que uma das estratégias que o time de Tite deve adotar é tirar Messi de sua “zona de conforto”.

LEIA MAIS
DOUGLAS COSTA COMEMORA SUA VOLTA NA SELEÇÃO: “MOMENTO EXATO PARA VOLTAR”
JADSON SE MOSTRA SURPRESO COM DECLARAÇÃO DE TITE E AGRADECE: “RECONHECIMENTO”
NEYMAR TENTA ENGANAR RIVAL E FAZ SEU PIOR DRIBLE NA CARREIRA; ASSISTA

“Messi é um jogador inteligente, com um grande poder de organização. Faz a diferença e é preciso termos um cuidado especial com ele”, disse o jogador do Beijing Guoan em entrevista coletiva após um treino do Brasil em Belo Horizonte, palco do clássico.

Na visão do meio-campista do ex-Corinthians, é preciso diminuir os espaços de Messi, Di María e companhia para obrigar os jogadores a buscarem alternativas de última hora. “A chave é que Messi não tenha facilidade de chutar ou dar passes. Conseguiremos isso ajudando um a outro e correndo um pouco mais para facilitar o trabalho da equipe com uma marcação compacta e forte”, acrescentou.

Questionado se a volta ao Mineirão traria o “fantasma” do 7 a 1, Renato destaca é não é positivo ficar lembrando do passado. “Não podemos colocar uma carga maior nos jogadores que estiveram (na Copa). Não só eles perderam, perdeu o país inteiro. Uma vitória seria bom para diminuir o assunto”, disse o jogador.

O Brasil lidera as Eliminatórias com 21 pontos, cinco a mais que a Argentina, que ocupa a sexta posição. Se o torneio terminasse hoje, a ‘Albiceleste’ estaria fora do Mundial de 2018.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.