Mercado da bola: Palmeiras ganha concorrência de europeus e chineses por Borja

Palmeiras
Crédito de imagem: Reprodução/ Facebook oficial Club Atlético Nacional Oficial

O Palmeiras chegou a demonstrar interesse na contratação do atacante Miguel Borja, destaque do Atlético Nacional, para substituir Gabriel Jesus em 2017, mas além do alto valor pelo pelo clube colombiano (cerca de R$ 64 milhões), agora o Verdão terá que superar a concorrência de clubes europeus e chineses.

LEIA MAIS:
Borja no Palmeiras: entenda porque a negociação é difícil, mas não impossível
29 jogadores que devem retornar ao Palmeiras em 2017 e você nem lembrava que existiam

Segundo informações do jornal português “O Jogo”, o Benfica seria um dos clubes interessados na contratação do atacante, mas estaria disposto a pagar um valor até 10 milhões de euros – cerca de R$ 35 milhões. Ainda de acordo com a publicação, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, chegou ontem à Colômbia para oficializar uma parceria com Millonários e aproveitará a viagem para discutir a negociação do avançado Miguel Borja.

Além do Benfica, o Atlético de Madrid  é o outro clube europeu que demonstrou interesse pelo atacante de 23 anos, segundo informações do blog “Oras Bolas” e confirmada pelo Torcedores.com. Um clube chinês  também estaria interessado no jogador e disposto a fazer loucuras para contratá-lo.

O Palmeiras já tem três jogadores garantidos para 2017: Keno, do Santa Cruz, Raphael Veiga, do Coritiba e Hyoran, da Chapecoense. O clube ainda negocia com Alejandro Guerra, do Atlético Nacional, Bernard, do Shakhtar Donetsk, e Juninho do Coritiba.