Veja 5 motivos para a grande rivalidade entre Brasil x Argentina

Montagem/Reproducao Getty Images

A história dessa grandiosa rivalidade entre Brasil x Argentina começa bem longe dos gramados; as diferenças são históricas

 

LEIA MAIS: PRÊMIO TORCEDORES.COM TERÁ A SUA 2ª EDIÇÃO EM 2016 – E COM NOVIDADES!

 

Nesta quinta-feira (10), acontecerá mais um clássico entre Brasil e Argentina, o maior da América e um dos maiores do mundo do futebol.

A rivalidade, que a cada ano fica mais aflorada entre as seleções, começou com os dois países bem antes do esporte mais popular do planeta nascer.

O Torcedores.com lista 5 motivos – históricos – que levaram esse confronto ao patamar que é hoje:

 

Tratado de Tordesilhas

A disputa direta por territórios ficou entre Portugal e Espanha, com o Tratado assinado em 1494, mas serviu para colocar em dois lados opostos tanto Brasil quanto Argentina, que foram países colonizados por Portugal e Espanha, respectivamente.

 

Colônia do Sacramento

A partir do século XVII, Portugal começou sua expansão territorial para o sul do país, querendo dominar a região de Colônia do Sacramento, que ficava na outra margem do Rio da Prata. A disputa perdurou até o Uruguai se tornar dono do território.

 

Cisplatina

Entre os anos de 1825 e 1828, o Brasil teve diversos conflitos político-territoriais com as Províncias Unidas do Rio da Prata (nome da Argentina na época). O Brasil Imperial não venceu a disputa e o governo de Dom Pedro I perdeu muito prestígio, culminando anos mais tarde em sua abdicação.

 

Itaipu

Mais recentemente, já na segunda metade do século XX, ambos países viviam uma Ditadura Civil-Militar. Foi quando o Brasil quis construir a Usina Hidrelétrica de Itaipu, e a Argentina temia que a construção inundasse a capital Buenos Aires, caso todas as comportas da hidrelétrica fossem abertas.

Mesmo com comprovações do Governo brasileiro, as relações entre as nações se desgastou muito.

 

Pelé x Maradona

Já no futebol, a rivalidade aflorou ainda mais com o passar dos anos. Pelé – considerado o maior jogador do esporte – conquistou 3 Copas do Mundo (1958,1962,1970), em um período em que os ‘Hermanos’ não conquistaram nenhum título. Anos depois, em 1978, os Albicelestes conquistaram seu primeiro Mundial, e o segundo em 1986 (torneio em que Maradona fez um gol com a mão contra a Inglaterra).

Na Copa de 1990, ambas seleções se enfrentaram pelas oitavas de final, e apesar da superioridade, os brasileiros foram eliminados com um gol de Caniggia, após driblar o goleiro. Naquele ano os ‘Hermanos’ chegaram até a final, mas perderam para a Alemanha por 1 a 0.

 

A partida de hoje acontecerá no Mineirão às 21h45 (Horário de Brasília), pela 11° rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.



Estudante de jornalismo. Apaixonado por esportes e pela vida.