O Tricampeonato de Nelson Piquet completa 29 anos

Getty Images

Nesse mês vai completar 29 anos do tricampeonato de Nelson Piquet. Com a atualização do motor Honda no final de 1985, as Williams já tinham mostrado a sua força. Ao assinar com a equipe para a temporada de 1986, Piquet levou a aerodinâmica da Brabhan, onde tudo indicava que o piloto iria ganhar o título em 1986, mas Mansell surpreendeu a todos com uma pilotagem dominadora e surpreendente na Williams.

LEIA MAIS:
ROBERT KUBICA VAI PILOTAR NAS 6 HORAS DE VALLELUNGA
TARUMÃ É A PRÓXIMA PARADA DE “NA CORRIDA”

Em 1987, os carros da Williams haviam evoluído ainda mais em relação ano ano anterior. A Lótus finalmente passaria a ter os motores Honda em 1987. Na pré temporada, o nível de confiabilidade e aerodinâmica, foram acertos pontuais sugeridos por Ayrton Senna. O então Bicampeão Alain Prost, apesar de também ser ótimo acertador, já não teria mais forças para acompanhar a dupla da Williams com a MC Laren.

Veja prova a prova o campeonato que consagrou Nelson Piquet:

Nos treinos para o Grande Premio de San Marino, Piquet sofre um grave acidente e perde parte da visão de profundidade, mas mostrou o seu talento como mecânico.

1) Grande Premio do Brasil: No circuito de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, tivemos a abertura da temporada. Nos treinos, Mansell foi o mais rápido e faz a pole com o brasileiro Nelson Piquet ao seu lado na primeira fila. Na segunda fila do grid tivemos o também brasileiro Ayrton Senna e o italiano Teo Fabi com a Benneton Ford. Na corrida no entanto, Alain Prost mostrou por que era o atual bicampeão. Largando em quinto, e com um show de estratégia, venceu a corrida com 40 segundos de vantagem para o brasileiro,que chegou em segundo enquanto o sueco Stefan Johansson com a outra McLaren completou o pódio em terceiro.

2)Grande Premio de San Marino: Aqui tivemos o acidente de Nelson Piquet nos treinos livres de sexta e com isso, o brasileiro foi impedido de disputar os treinos de sábado e a corrida. Assim, Ayrton Senna faz a pole, com o inglês Nigel Mansell ao seu lado na primeira fila. Na segunda fila tivemos o francês Alain Prost e o italiano Teo Fabi. Na corrida, em uma prova muito disputada, Mansell leva a melhor com a Williams e vence com Ayrton Senna em segundo e completando o pódio o italiano Michele Alboreto com a Ferrari em terceiro .

3)Grande Premio da Bélgica: Chegamos a Spa-Francorchamps. Nos treinos, novamente Mansell é o mais rápido e garantiu a pole. Com Nelson Piquet ao seu lado na primeira fila, na segunda do grid vinham Ayrton Senna e o austríaco Gerhard Berger com a Ferrari. Na prova, a vitória fica com o francês Alain Prost que largou em sexto. O seu companheiro de Mc Laren o sueco Stefan Johansson chega em segundo e em terceiro o italiano Andréa de Cesaris com a Brabhan Bmw.

4)Grande Premio de Mônaco: Agora chegamos ao circuito de rua de Monte Carlo. Nos treinos, mais uma vez o Mansell é o mais rapido, com Ayrton Senna ao seu lado na primeira fila. Na segunda estava Nelson Piquet e Alain Prost. Na corrida, Mansell abandona na volta 29 e com isso Ayrton Senna vence pela primeira vez em Mônaco. O outro brasileiro Nelson Piquet ficou segundo na dobradinha e o italiano Michele Alboreto completando o pódio em terceiro. O campeonato mostrava o frances Alain Prost na liderança com 18 pontos, seguido por Ayrton Senna com 15, Stefan Johansson com 13,Nelson Piquet com 12 e Nigel Mansell com 10.

5)Grande Premio do Leste dos Estados Unidos :No circuito de rua de Detroit ,Senna mais uma vez mostrou seu talento em circuitos de rua .Nos treinos contudo ,Mansell mais uma vez garantiu a pole com Ayrton Senna ao seu lado na primeira fila.Na segunda fila vinham Nelson Piquet e o belga Thierry Boutsen com a Benneton Ford .Na corrida ,a vitória fica com Ayrton Senna ,com Nelson Piquet em segundo e Alain Prost completando o pódio em terceiro .A classificação do mundial mostrava Ayrton Senna na liderança com 24 pontos ,seguido por Alain Prost com 22,Nelson Piquet com 18 ,Stefan Johansson conm 13 e Nigel Mansell com 12.

6)Grande Premio da França: Chegamos então ao circuito Paul Ricard. Nos treinos, Mansell novamente foi o mais rápido, com o frances Alain Prost ao seu lado na primeira fila. Na segunda, tivemos os brasileiros Ayrton Senna e Nelson Piquet. Foi uma prova acirrada disputa entre Piquet e Mansell pela vitória, mas o inglês levou a melhor, com Piquet em segundo e Prost completando o pódio em terceiro. O campeonato após essa corrida estava embolado: Ayrton Senna na liderança com 27 pontos, seguido por Alain Prost com 26, Nelson Piquet com 24 e Nigel Mansell com 21.

7)Grande Premio da Inglaterra: Chegamos agora ao circuito de Sillverstone para a sétima corrida do campeonato. Nos treinos, Nelson Piquet faz sua primeira pole no ano, com seu companheiro de Williams Nigel Mansell ao seu lado na primeira fila. Na segunda, tivemos o brasileiro Ayrton Senna e o francês Alain Prost. Na corrida, tivemos uma disputa eletrizante entre Nelson Piquet e Nigel Mansell, entretanto Mansell com uma ultrapassagem sensacional na volta 63 que garantiu a vitória e a festa da sua torcida. Nelson Piquet ficou em segundo e Ayrton Senna completando o pódio em terceiro. O mundial ficava mais disputado do que nunca, Ayrton Senna ainda vinha na liderança com 31 pontos, seguido por Nigel Mansell e Nelson Piquet empatados com 30 pontos e Alain Prost com 2.

8)Grande Premio da Alemanha: Chegamos ao circuito de Hockenheirimg. Nos treinos Nigel Mansell fez a pole, com Ayrton Senna ao seu lado na primeira fila .Na segunda fila tivemos Alain Prost e Nelson Piquet ,nesse Grande Premio a Williams estréia a suspensão ativa ,Piquet como um gênio da mecânica se adapta a ela e tira o máximo proveito ,ao contrário de Mansell que sem entender nada de mecânica não se entende bem com ela .. Na corrida em uma prova bem disputada ,Nelson Piquet vence sua primeira corrida no campeonato ,com o sueco Stefan Johansson em segundo e Ayrton Senna com a Lotus Honda completando o pódio em terceiro .Com a vitória Piquet enfim assumia a liderança do campeonato com 39 pontos ,seguido por Ayrton Senna com 35,Nigel Mansell com 30 e Alain Prost com 26 .

9)Grande Premio da Hungria : Chegamos então ao circuito Hungaroring :Nos treinos ,Mansell mais uma vez é o mais rápido ,com o austríaco Gerhard berger ao seu lado na primeira fila com a Ferrari .Na segunda fila do grid tivemos Nelson Piquet e Alain Prost. Na corrida Piquet e Mansell disputam palmo a palmo a vitória, mas desta vez Nelson leva a melhor e vence, com Ayrton Senna garantindo a dobradinha brasileira em segundo e francês Alain Prost completando o pódio em terceiro. Assim, Nelson continuava na liderança do mundial com 48 pontos, seguido pelo compatriota Ayrton Senna com 41 e na sequencia Nigel Mansell e Alain Prost empatados com 30 pontos cada um .

10)Grande Premio da Áustria :Chegamos a décima corrida do campeonato no circuito de Osterreichiring ;Nos treinos o brasileiro Nelson Piquet é o mais rápido ,com o inglês Nigel Mansell ao seu lado na primeira fila .Na segunda fila tivemos o austríaco Gerhard Berger com a Ferrari e o belga Thierry Boutsen com a Benneton Ford .Na corrida ,Mansell leva a melhor e vence ,com Piquet chegando em segundo e o italiano Teo Fabi completando o pódio em terceiro .Com isso Nelson começava a abir vantagem no mundial com 54 pontos ,seguido por Ayrton Senna com 43,Nigel Mansell com 39 e Alain Prost com 31.

11)Grande Premio da Itália: Chegamos agora ao circuito de Monza. Nos treinos, Piquet foi o mais veloz e garantiu a pole,com seu companheiro Nigel Mansell ao seu lado na primeira fila do grid. Na segunda, tivemos o austríaco Gerhard Berger e o brasileiro Ayrton Senna. Na corrida uma eletrizante disputa entre os dois brasileiros Nelson Piquet e Ayrton Senna,mas Nelson leva a melhor e vence, com Ayrton Senna em segundo e Nigel Mansell completando o pódio em terceiro. Com a vitória Nelson abria mais vantagem no campeonato com 63 pontos, seguido por Ayrton Senna com 49, Nigel Mansell com 43 e Alain Prost com 39.

12)Grande Premio de Portugal: Circuito de Estoril, na reta final do campeonato mundial. Nos treinos, o austríaco Gerhard Berger surpreende e faz a pole coma sua Ferrari, com o inglês Nigel Mansell ao seu lado na primeira fila com a Williams. Na segunda, tivemos o francês Alain Prost e o brasileiro Nelson Piquet. Na corrida entretanto, em uma prova bem disputada a vitória ficou com Prost, com o austríaco Gerhard Berger em segundo e Nelson Piquet completando o pódio em terceiro. Com a vitória, Alain Prost chegava a 28 triunfos na carreira e se tornava recordista de vitórias na Formula 1, no campeonato Piquet chegava a 69 pontos e disparava na liderança, seguido pelo compatriota Ayrton Senna com 49, Nigel Mansell com 43 e Alain Prost com 40.

13)Grande Premio da Espanha: No circuito de Jerez Mansell jogava sua sobrevivência no campeonato e buscava a vitória a todo custo .Nos treinos contudo,Piquet fez a pole e Mansell estaria ao seu lado na primeira fila . Já na segunda fila do grid tivemos o austríaco Gerhard Berger da Ferrari e seu companheiro de equipe o italiano Michele Alboreto .Na corrida Mansell vence e ganha sobrevida no campeonato ,com o frances Alain Prost em segundo e seu companheiro de Mc Laren o sueco Stefan Johansson completando o pódio em terceiro,Piquet com corrida discreta chega em quarto . O classificação do mundial mostrava Nelson Piquet na liderança com 70 pontos ,seguido por Nigel Mansell com 52, Ayrton Senna com 51 e Alain Prost com 46 .

14)Grande Premio do México: Chegamos agora a antepenúltima corrida do mundial no circuito de Hermanos Rodriguez. Nos treinos, Mansell é novamente o mais rápido, com o austríaco Gerhard Berger ao seu lado na primeira fila. Na segunda, tivemos Nelson Piquet e o belga Thierry Boutsen com a Benneton Ford. Na corrida bem disputada, Mansell vence de novo com Piquet chegando em segundo e o italiano Ricardo Patrese com a Brabhan Bmw em terceiro. Com isso, Piquet voltava abrir vantagem no mundial com 76 pontos, seguido por Mansell com 61 ,Senna com 51 e Prost com 46.

15)Grande Premio do Japão: Finalmente chegamos a Suzuka na penúltima corrida do campeonato. Nos treinos, a ânsia de superar o tempo de Piquet, Mansell sofre um acidente e é impedido de correr, com isso Nelson garantia o tricampeonato por antecipação. Na corrida, a vitória fica com o austríaco com o austríaco Gerhard Berger com sua Ferrari, com Ayrton Senna em segundo e o sueco Stefan Jonhansson completando o pódio em terceiro com a MC Laren.

16)Grande Premio da Austrália: Chegamos ao circuito de Adelaide para a ultima corrida do campeonato. Com o título de Piquet garantido, Ayrton Senna tinha a chance de ultrapassar Nigel Mansell na briga pelo vice campeonato. Entretanto nos treinos, Gerhard Berger faz a pole com seu companheiro de Ferrari o francês Alain Prost ao seu lado na primeira fila. Na segunda, tivemos os brasileiros Nelson Piquet e Ayrton Senna. Na corrida, Berger confirmou a vitória, com seu companheiro de Ferrari, o italiano Michele Alboreto em segundo e o belga Thierry Boutsen em terceiro com a Bennton Ford. Ayrton Senna, na verdade, havia terminado em segundo, mas acabou desclassificado após a corrida depois de medições feitas na sua Lótus, onde foi constatado que os dutos dos freios eram maiores do que os permitidos pelo regulamento . Nelson Piquet por outro lado era só alegria, pois a conquista do terceiro título mundial mostrou que o talento sempre prevalece independente de problemas políticos na equipe,acompanhando Formula 1 desde 1983 Piquet foi um dos maiores talentos que eu já visto nas pistas.