Olha a fila! Veja os 5 maiores jejuns dos “grandes” no Brasileirão

classificacao
Reprodução - CBF

Muito se fala do Palmeiras e seus 22 anos na fila, sem um título brasileiro. A última vez que isso aconteceu foi em 1994, mas, você sabia que esse passa longe de ser o maior jejum dentre os grandes do país?

Pois bem, o Torcedores.com separou os maiores jejuns de títulos brasileiros dos clubes “grandes” do Brasil. E dos 5 maiores, 2 estão em vigor, e devem aumentar ainda mais conforme passam as temporadas.

Além dos 22 anos do Palmeiras, outras marcas significativas ficaram de fora da lista, como o jejum do Botafogo de 27 anos (1968-1995), o do Fluminense de 26 anos (1984-2010), o do Flamengo de 21 anos (1959-1980), o do Grêmio, que assim como o Palmeiras teve um jejum de 22 anos (1959-1981), e os “menores”, que são o Vasco com 16 anos (2000-2016) e o São Paulo (1959-1977).

Veja a lista com os 5 maiores jejuns:

Atlético-MG – 45 anos (1971-2016)

O Galo segue com sua sina de não conquistar um Brasileirão desde 1971. Já são 45 anos e muito provavelmente passará para 46, pois as chances são mínimas. Neste período foram 5 vice-campeonatos (1977, 1980, 1999, 2012 e 2015).

Internacional – 37 anos (1979-2016)

Desde 1979 sem conquistar o nacional, o Inter caminha para mais um ano de jejum. Assim como o Galo, acumula muitos vice-campeonatos. São 7 no total, sendo 5 desde então (1987, 1988, 2005, 2006 e 2009).

Cruzeiro – 37 anos (1966-2003)

Assim como o Internacional, o Cruzeiro tem 37 anos de jejum, mas diferentemente do Colorado, essa marca já se encerrou e vai demorar para ser ultrapassada.

Santos – 34 anos (1968-2002)

O Peixe viveu décadas de jejum entre os anos 80 e 90. Só pelo Brasileirão foram 34 anos, entre o último na década de 60, e o primeiro neste novo formato, em 2002.

Corinthians – 31 anos (1959-1990)

O Timão tem 6 títulos brasileiros, todos conquistados nos últimos 25 anos (1990-2015), mas antes disto ficou 31 anos sem levantar uma taça de campeão nacional.