Opinião: a melhor contratação para o Santos é a manutenção do atual elenco

Cosmos
Foto: Divulgação/ Flickr oficial do Santos FC

Um dos melhores clubes do país, o Santos já está garantido na Libertadores de 2017, e, após o encerramento do Brasileirão, voltará seu planejamento para a competição mais importante do continente.

Diferentemente de Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG, a condição financeira do Santos é diferente, e não costuma realizar “loucuras”, no entanto é o clube que mais revela jogadores no futebol brasileiro. Está no DNA do Peixe.

E no último ano, realizou boas negociações de jovens valores a um baixo custo e que já mostram resultados, como Vitor Bueno, Jean Mota, Luiz Felipe, etc. Isso mostra que o Santos não necessita somente de reforços “de nome”.

Mesmo tendo perdido nomes como Geuvânio, Marquinhos Gabriel e Gabigol, o Peixe manteve o poder da equipe, conquistou o título paulista e ocupa a segunda posição no Brasileirão.

As contratações podem e devem ser pontuais no Peixe. Mas o primeiro passo é manter essa ótima e entrosada base do clube. Com ela, a chance de título da Libertadores vai existir.

Manter os mais experientes, como Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Renato, além dos jovens, Vitor Bueno, Zeca, Luiz Felipe, Thiago Maia, dentre outros. O que vier além disso, é lucro. O Santos vem forte na temporada 2017.