Opinião: O que fizeram com o Internacional?

Ricardo Duarte - SC Internacional

A glória do desporto nacional que sempre viveu a brilhar, hoje não brilha mais. O torcedor colorado presencia a pior fase do time na HISTÓRIA. E que história. De “rolo compressor” ao incansável campeão de tudo, mas levaram toda a glória junto com o eterno capitão, Fernandão. O que fizeram com o Inter?

PRÊMIO TORCEDORES.COM DE JORNALISMO COLABORATIVO
Prêmio Torcedores.com terá sua 2ª edição em 2016
Conheça os finalistas do prêmio Torcedores.com de mídia esportiva 2016

O Beira Rio continua lindo com aquele “inferno vermelho”, independente da atual situação, a torcida sempre faz sua parte. “O Gigante me espera, para começar a festa”. Colorado é colorado! Na Glória e na morte. Mas quem se acostumou na história vitoriosa do gigante, não se contenta com a queda. O Internacional não merece isso.

Não é por falta de elenco. Que fique claro! Embora não encha os olhos de orgulho do torcedor, o time luta a cada partida para sobreviver. Quem veste aquele manto vermelho e branco nunca se entrega. A maior cobrança não vem do torcedor, vem deles próprios. O Celso Roth não é o culpado, na verdade, não existe culpado o problema está no “orgulho”. Todos sabem que time grande cai, mas nenhum torcedor aceita e essa abstinência fere, e não passa, fica cravada na história.

Mesmo com a morte a áurea continua. A frase “sempre levarei comigo” ficará na memória do torcedor colorado não como apoio e sim como um manifesto ao amor pelo clube. Um certo capitão que vestia a camisa 9 de um time aguerrido, quase imbatível disse: “O torcedor do Inter já nasce colorado, não é escolha é dom!” Fernandão.

O que aconteceu com os feitos relevantes? Onde está o incansável espírito gaúcho? A resposta está na cabeça do Piffero ou no embarque do D’Alessandro para Buenos Aires. Mataram o Internacional, e ele não merecia esse fim.