Premiação do Brasileirão 141 vezes maior para homens revolta atleta do futebol feminino

Brasileirao
Foto: Foto: Arthur Marega Filho/São José Futebol Feminino

e os números foram motivo de revolta da jogadora Camila Nobre, do São José, vice-campeão da Copa do Brasil feminino. A volante da equipe desabafou contra a grande diferença de premiações para o campeão do Brasileiro masculino para o vencedor do futebol feminino.

LEIA MAIS
Prêmio Torcedores.com terá sua 2ª edição em 2016
Conheça os finalistas do prêmio Torcedores.com de mídia esportiva 2016

Por meio de seu perfil no Facebook, Camila Nobre desabafou contra o grande valor que será entregue ao campeão brasileiro comparando ao prêmio que o vencedor do Brasileirão Feminino irá ganhar, que será 141 vezes menor.

“Outra realidade… E há quem diga que estamos melhorando…. Com 120 mil ao 1º colocado do feminino, e 17 milhões de reais para o campeão masculino. Uma discrepância, uma diferença brutal!”, escreveu Camila.

O desabafo da jogadora faz jus a divulgação que a CBF fez na última semana, em que o campeão brasileiro feminino de 2017 irá receber R$ 120 mil.

Ainda vale ressaltar que houve um aumento de 68% na premiação que o campeão brasileiro de 2015, o Corinthians, recebeu em relação ao que o futuro ganhador do Brasileirão deste ano irá ganhar. Neste caso, quem vencer o Campeonato Brasileiro irá receber R$17 milhões, R$7 milhões a mais do que o ano anterior.

brasileirao
Foto: Reprodução/Facebook


Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.