Recurso ou provocação? Goleiro do Oeste faz defesa de cabeça e salva time; assista

Crédito da Foto: Reprodução / Premiere FC

Com uma grande defesa de cabeça, o goleiro Felipe Alves, do Oeste, roubou a cena no empate sem gols do time de Osasco contra o Avaí, em jogo válido pela 35ª rodada do Brasileirão Série B. A partida realizada na Arena Barueri terminou sem bola na rede, mas com o arqueiro aplaudido pelo pequeno número de torcedores presentes.

LEIA MAIS
EX-SÃO PAULO, LATERAL CICINHO REVELA EM QUAL TIME QUER ENCERRAR SUA CARREIRA
BRASILEIRÃO: VEJA AS CHANCES DE QUEDA DO SÃO PAULO APÓS O MASSACRE SOBRE O CORINTHIANS
MARCO AURÉLIO CUNHA ADMITE NEGOCIAÇÃO DO SÃO PAULO PARA TER WELLINGTON NEM; VEJA

Aos 46 minutos do segundo tempo, o Avaí disparou em rápido contra-ataque. Diego Jardel invadiu a área pela direita, cortou o defensor e mandou para o gol. Felipe Alves afastou de cabeça como um zagueiro para evitar o gol do Leão da Ressacada. Se foi um recurso ou provocação, é impossível dizer, mas a defesa foi linda.

Não é a primeira vez que Felipe Alves é destaque sem ser com as mãos. Graças ao trabalho com Fernando Diniz no Oeste – além de Paulista, Atlético de Sorocaba, Paraná e Audax, o goleiro aprendeu a sair jogando com os pés e já aplicou dois chapéus num jogo contra o Ceará.

Com o empate sem gols na Arena Baruei, o Avaí se manteve no G-4 e o Oeste conseguiu garantir o ponto que o deixa em 16ª lugar, um ponto acima da zona de rebaixamento.

Assista ao lance e descubra se foi um recurso ou uma provocação de Felipe Alves:

Relembre os chapéus do goleiro no jogador do Ceará:



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.