Torcedores uniformizados do Corinthians são presos por ameaçar juíza no RJ

MARCELLO DIAS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Integrantes de torcidas organizadas do Corinthians foram presos por ameaçar a juíza Marcela Assad Tavares, que determinou a prisão de 31 corintianos envolvidos na briga com torcedores do Flamengo na partida, entre as duas equipes, realizada no último dia 23 de outubro. A partida, ocorrida no Maracanã, foi valida pela 32ª rodada e terminou em empate de 2 a 2.

Segundo informações do G1, a prisão dos torcedores do Corinthians aconteceu nessa terça-feira, dia 8, na Grande São Paulo e no litoral paulista. Ainda de acordo com o site, foram expedidos  10 mandados de prisão temporária e 21 de busca e apreensão, pela justiça de São Paulo. Os torcedores presos foram encaminhados para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no centro da cidade de São Paulo.

LEIA MAISFOSSE UM TIME, OSWALDO DE OLIVEIRA, ESTARIA BRIGANDO PARA NÃO CAIR NO BRASILEIRÃO