Não é só McGregor! UFC 205 tem outras duas disputas de título

Reprodução/Facebook

O UFC 205, marcado para este sábado (12) em Nova York, tem Conor McGregor como seu principal astro. Mas não será só o irlandês a brilhar no Madison Square Garden em busca de cinturões. Outras duas disputas de título estão marcadas para o dia e o Torcedores.com te deixará por dentro de tudo o que irá acontecer nelas

LEIA MAIS

NFL 2016: SAIBA ONDE ASSISTIR AOS JOGOS DA SEMANA 10 AO VIVO NA TV

OPINIÃO: QUE INTERLAGOS NÃO VIVA UMA DESPEDIDA NO DOMINGO

JOANNA JEDRZEJCZYK x KAROLINA KOWALKIEWICZ (Pesos-palha)

Em uma era em que os títulos trocam de mão quase que constantemente, campeões dominantes são uma raridade no UFC. E Joanna Jedrzejczyk é um exemplo disso, sendo uma das principais lutadoras da atualidade e partindo para sua quarta defesa de cinturão nos palhas contra a compatriota Karolina Kowalkiewicz.

Dominante na trocação, ‘Joanna Champion’ chegou a passar por apertos em suas duas últimas lutas (contra Válerie Létourneau e Claudia Gadelha), mas apostou em seu fôlego para sair-se vencedora na decisão dos jurados. Contra uma ascendente Kowalkiewicz, que vem de triunfo sobre Rose Namajunas, outra candidata a brigar pelo título dos palhas, Jedrzejczyk poderá ter mais uma chance de provar que é uma das estrelas da casa. Mas tem que tomar cuidado com surpresas, já que sua adversária foi campeã do evento local KSW e está invicta na carreira.

TYRON WOODLEY x STEPHEN THOMPSON (Meio-médios)

Woodley brigou para ter uma ‘money fight’ contra gente do calibre de Georges St-Pierre ou Nick Diaz. Mas o UFC não deu ouvidos e o campeão da categoria meio-médio teve de se contentar em defender seu cinturão contra o desafiante número 1 Stephen ‘Wonderboy’ Thompson no UFC 205

Contra Thompson, ‘The Chosen One’ tem um adversário bastante duro e que vem em curva ascendente dentro do UFC, com sete vitórias consecutivas contra gente do calibre de Rory MacDonald e Johny Hendricks. Mas Woodley vem embalado por ter batido Robbie Lawler, um dos lutadores mais ‘brigadores’ do MMA e até chamou o ‘queridinho’ Sage Northcutt para ajudá-lo a enfrentar um rival que tem o caratê como uma de suas bases, Será outra que promete fortes emoções e pode até mesmo determinar quem pode enfrentar GSP caso o canadense decida definitivamente voltar ao Ultimate.

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook)