Vale investir? Veja cinco nomes para o Grêmio entrar forte em 2017

Grêmio
Foto: Getty Images

Só mesmo o improvável poderá ser capaz de tirar o Grêmio da Libertadores de 2017. Com chances de ir à competição continental via G-6 do Brasileirão ou pelo título da Copa do Brasil, com quem faz a final contra o Atlético-MG, o time gaúcho tem cerca de 66% de chances de jogar a LA no ano que vem, segundo o matemático Tristão Garcia. Veja, portanto, cinco nomes de peso que poderiam ser reforços para a próxima temporada gremista.

PRÊMIO TORCEDORES:

Conheça os finalistas do Prêmio Torcedores.com de Mídia Esportiva 2016

Prêmio Torcedores.com terá sua segunda edição em 2016 – e com novidades!

Thiago Neves: meia em “extinção” no futebol brasileiro, Neves agrega qualidade técnica, experiência e poder de finalização. Claro que não é o mesmo jogador de 2008, quando conduziu o Fluminense à final da Libertadores, mas poderia, ao lado – ou revezando – de Douglas, formar uma meia cancha de respeito no tricolor em 2017. Atualmente, o jogador de 31 anos defende o Al-Jazira, dos Emirados Árabes, mas está sempre cotado para retornar o Brasil.

Barcos: identificado com o Grêmio e ídolo da torcida, Hernán Barcos tem seu nome ligado ao tricolor a cada janela de transferências. Nos últimos anos, se habitou a trocar de clube no exterior. Do Tianjin Teda, da China, ele rumou para o Sporting, de Portugal, de onde foi emprestado para o Vélez, da Argentina. Vale lembrar que o Grêmio, atualmente, não joga com um centroavante fixo, figura sempre importante quando se trata de Libertadores.

Marinho: candidato a um dos melhores jogadores do Brasileirão, o atacante Marinho é o grande responsável por manter o Vitória com chances de permanecer na Série A faltando quatro jogos para o fim. Em um primeiro momento, o Botafogo, que também deve ir para a Libertadores, surge como o principal interessado. O Vitória possui 70% dos direitos do jogador, com os 30% restantes pertencendo ao Cruzeiro. Sua multa rescisória é de € 5 milhões (aproximadamente R$ 17,6 milhões).

Diego Souza: necessitaria investimento, mas o retorno em campo seria indiscutível. Artilheiro do Brasileirão ao lado de Fred, com 13 gols, Diego Souza, do Sport, mostrou na última segunda-feira para os próprios gremistas, na Arena, o quanto sabe jogar bola. Fez dois lindos gols na vitória do Leão por 3×0 na Arena e ainda reverenciou o Grêmio, clube que defendeu em 2007. Será que esse casamento pode ser retomado?

Dedé: Ainda que Geromel e Kannemann estejam mais do que entrosados, um outro zagueiro experiente e de bom nível é fundamental para que o Grêmio não repita em 2017 os erros de 2016, quando demorou mais de um semestre para encontrar a dupla ideal. Dedé, que convive com constantes lesões no Cruzeiro, está livre para assinar um pré-contrato com qualquer clube.

 

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.