Vitória se apega a 5 motivos para confiar na permanência na Série A

Foto: Divulgação/ECVitória

Na reta final do Campeonato Brasileiro, o Vitória segue na luta contra o rebaixamento à segunda divisão do futebol brasileiro. E o clube garante estar confiante em sua permanência na elite.

LEIA MAIS:
Pelé no Sport? Quase! Veja essa e outras curiosidades sobre o futebol nordestino
Conheça o Llanfairpwllgwyngyll F.C., o clube de futebol com o nome mais longo do mundo
CONFIRA COMO FICARAM OS GRUPOS DA COPA DO NORDESTE 2017
Mercado da bola: Time dos Estados Unidos quer tirar Ibrahimovic do Manchester United
Prêmio Torcedores.com terá sua 2ª edição em 2016
Conheça os finalistas do prêmio Torcedores.com de mídia esportiva 2016

Torcida empolgada

No último sábado, a torcida rubro-negra compareceu ao Barradão e presenciou um triunfo sobre o Atlético Paranaense, conquistando uma virada expressiva no segundo tempo. Foram mais de 27 mil torcedores nas arquibancadas, número que é esperado que seja ainda maior nos próximos dois jogos dentro de casa, contra Figueirense e Palmeiras.

Fator Marinho

O principal destaque do Vitória em toda a temporada é o atacante Marinho. Presente na maioria dos triunfos do time no Brasileirão, o camisa 7 se destacou com dois gols sobre o Atlético-PR.

Estatísticas favoráveis com Marinho em campo

Com o inspirado Marinho em campo, o Leão venceu 42% dos pontos disputados (28 em 66). Já sem o jogador, o time rubro-negro somou apenas 11 pontos em 36.

Sequência dura do Internacional

O principal adversário do Vitória, na luta contra o rebaixamento, é o Internacional. E o clube rubro-negro também se apega à sequência complicada – ao menos teoricamente – do time gaúcho. Os jogos serão contra Ponte Preta (C), Corinthians (F), Cruzeiro (C) e Fluminense (F).

Vantagem nos fatores de desempate

Outro fator que garante confiança no time rubro-negro é o fato de ter números superiores ao dos rivais na luta para seguir na Série A, Internacional, Coritiba e Sport. Caso vença o Coxa, o Vitória passará o adversário no número de triunfos, enquanto contra o Colorado e o Leão da Ilha, possui saldo de gols superior.



Baiano, 22 anos, jornalista em formação pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol, este último com maior fervor. Contato: victorw10@outlook.com