Veja como Escudero pode ser usado no Vasco da Gama

Escudero
Foto: Divulgação/ECVitória

O Vasco da Gama acertou a contratação do seu primeiro reforço para a temporada 2017: o meia Escudero, que já defendeu no Brasil o Vitória, o Grêmio e o Atlético-MG, agora é o mais novo meia do Gigante da Colina. Contratado como o grande presente de Natal da diretoria cruzmaltina, ele chega em um time que precisa se reencontrar.

Jogador de relativa velocidade com a bola no pé, Escudero não chegada para atuar nas funções de Nenê e Andrezinho, apesar de também poder ser usado em jogadas de bola parada. No Vasco, em princípio, o atleta chega principalmente para atuar pelos lados do campo.

LEIA MAIS:
SOBREVIVENTE EM TRAGÉDIA DA CHAPE, RUSCHEL AGRADECE HOMENAGEM
VEJA COMO SERIA O BRASILEIRÃO 2016 SE TIVESSE MATA-MATA
VÍDEO MOSTRA O MOMENTO DA EXPLOSÃO EM ATENTADO NA TURQUIA

Canhoto, Escudero pode ser usado tanto pelo lado esquerdo do gramado como, principalmente, pelo lado direito do campo. Sem grande vocação para a marcação, ele, que tem 29 anos de idade, terá que se doar para recompor o sistema defensivo do Vasco da Gama quando estiver sem a bola.

Embora a expectativa seja para que ele se dê bem atuando ao lado de Nenê, Escudero também pode eventualmente substituir o camisa 10 do Cruzmaltino. Armador de boa criação, ele atuou nesta função quando defendeu o Vitória, de 2013 a 2015, onde teve grande destaque no futebol brasileiro e trabalhou com o diretor de futebol Anderson Barros, que também chegou o Vasco este ano.

Credito da Foto: Divulgação/ECVitória