Espironolactona: a substância que praticamente tirou Cris Cyborg do UFC

Espironolactona e o caso Cris Cyborg
Fonte: Site oficial da Lutadora http://www.criscyborg.com/wp-content/uploads/2016/06/Cris-Cyborg-Action_3.jpg

Após a notícia recente de que a lutadora brasileira Cris Cyborg violou a política antidoping do UFC, a mesma publicou uma nota em suas redes sociais, com sua versão sobre a notificação da USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) e informou que o teste teria indicado positivamente a presença da substância Espironolactona utilizada em seu tratamento de recuperação após a perda de peso.

Quem controla e harmoniza internacionalmente os guias antidoping de todos os esportes em todos os países é a Agência Mundial Antidoping – WADA, que define que doping é o uso de substâncias ou metodologias que potencializam de forma artificial o desempenho de esportistas. A Espironolactona, encontrada nos exames de Cris Cyborg, é uma das substâncias proibidas.

LEIA MAIS

Opinião: Corte de Peso de Cris Cyborg

Cada agência define a periodicidade de coleta das amostras para os testes antidoping, mas protocolos são seguidos para evitar dúvidas quanto à coleta e emissão dos resultados. As amostras, sempre em duplicata, são colhidas de forma supervisionada antes das competições ou fora delas e são analisadas em laboratórios certificados.

Periodicamente uma lista de substâncias proibidas é publicada pela WADA e serve como base para que todas as agências mundiais sigam como referência.

A substância Espironolactona, encontrada nas amostras da lutadora Cris Cyborg, é um medicamento que tem indicação terapêutica para o tratamento de pressão alta, distúrbios cardíacos associados a formação de edema (inchaço) e para casos de hipopotassemia que é quando a pessoa apresenta níveis muito baixos de potássio. O medicamento tem ação diurética e anti-hipertensiva, e seu mecanismo de ação se baseia na redução da reabsorção de sódio e na redução da excreção de potássio.

Classificada como agente diurético e com potencial de mascarar outras substâncias, a Espironolactona é considerada pela WADA uma substância de uso proibido por esportistas. Isso porque ao atuar eliminando água do corpo, a Espironolactona também auxilia na rápida perda de peso. Além disso, os diuréticos promovem a eliminação mais acelerada das substâncias e aumentam o volume da urina, reduzindo a concentração dos compostos proibidos e dificultando a precisão dos testes antidoping.

Quando um atleta é notificado de que seu teste foi positivo para alguma substância listada, tem o direito de solicitar a abertura da contraprova, e inicia o processo de defesa. Esta é a etapa que a lutadora Cris Cyborg realizará a partir de agora fornecendo informações às agências de controle como forma de defesa, até que sejam expedidas as decisões.

REFERÊNCIAS:

Esclarecimento da lutadora. Disponível em: <https://www.instagram.com/p/BOVl-vsANdi/?taken-by=criscyborg>. Acesso em 29/12/2016.

MAZZONI, Irene; BARROSO, Osquel; RABIN, Olivier. The list of prohibited substances and methods in sport: structure and review process by the world anti-doping agency. Journal of analytical toxicology, v. 35, n. 9, p. 608-612, 2011.

WADA. List of prohibited substances. World Anti Dopping Agency. International Standards. 2016. Disponível em: http://www.usada.org/wp-content/uploads/wada-2016-prohibited-list-en.pdf Acesso em 29/12/2016.

ZHILIANG, L. I. A. O. Influence of Oral Treatment with Furosemide and Spironolactone in Different Ratio on the Serum Potassium Level in Patients with Chronic Heart Failure [J]. Clinical Medicine & Engineering, v. 8, 2013.



Especializada em testes laboratoriais de vitaminas e suplementos alimentares, a Labdoor é uma empresa independente com sede nos EUA, onde são avaliadas e divulgadas informações sobre toda a suplementação testada. O resultado das análises laboratoriais formam rankings de suplementos que ajudam os consumidores na hora de escolher o melhor suplemento para seus objetivos.