Mercado da Bola: Grêmio admite possibilidade de vender Luan em janeiro

Luan
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O Grêmio já está ciente que uma proposta concreta por Luan deverá desembarcar na Arena nos primeiros dias de janeiro. A reabertura da janela de transferências para os clubes europeus é vista pela diretoria gaúcha com um misto de alívio, pela possibilidade de lucrar com uma eventual venda, e frustração, por vir a perder um dos seus principais jogadores.

De acordo com o portal UOL Esporte, Grêmio e Luan têm um acerto que prevê a liberação em caso de uma boa proposta. Esse acordo foi costurado durante a última janela, no meio do ano, quando o tricolor conseguiu segurar o seu artilheiro. Romildo Bolzan Jr, presidente do clube, garante que não há proposta em andamento, mas que, se vier, “vai conversar”.

LEIA MAIS:

Grêmio veta liberação de dois jogadores para a Chapecoense

Mercado da Bola: Inter tem um trunfo para concretizar vinda de Taison

“Não recebemos proposta, mas se vier algo dentro daquilo que o Grêmio entende que seja apropriado, vamos conversar”, resumiu o mandatário.

Para efeito de comparação, a postura da diretoria gremista com Luan é bem diferente da utilizada no caso do zagueiro Pedro Geromel, que é tido como “inegociável”. O Grêmio detém 70% do passe de Luan e uma eventual negociação não deve fugir da casa dos 30 milhões de euros.

Outro fator que pesa para uma negociação é a valorização pela qual Luan passou em 2016. Além do grande ano pelo Grêmio, sendo decisivo na conquista da Copa do Brasil sobre o Atlético-MG, ele foi destaque nas Olimpíadas do Rio de Janeiro e ajudou o Brasil a faturar sua primeira medalha de ouro.

Paralelo à situação de Luan, o Grêmio busca um novo atacante para a próxima temporada. Um dos mais próximos de viver um acerto é Kayke, ex-atacante do Flamengo, que está no Japão. Barcos, que atualmente joga no Velez, da Argentina, foi descartado.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.