Bia revela estar mais “madura” para ajudar o Vôlei Nestlé a conquistar a Superliga

Foto: João Neto/Fotojump

O Vôlei Nestlé confirmou na última sexta-feira (7), a classificação para a grande final da Superliga Feminina 2016/17. A classificação veio após a equipe de Osasco derrotar o Dentil Praia Clube, por 3 sets a 1, e vencer a terceira partida da série de cinco jogos, na semifinal do torneio. Mas a classificação para a decisão foi especial para uma jogadora do elenco de Luizomar de Moura, a central Bia.

Na última conquista do Vôlei Nestlé da Superliga Feminina na temporada 2011/12, Bia fez parte do elenco que conquistou o quinto título da equipe paulista. Na época, a equipe contava com Thaísa e Adenízia como titulares incontestáveis. Após a conquista no ginásio do Maracanãzinho, a jogadora passou cinco temporadas longe da equipe de Osasco, e voltou justamente para ocupar uma das posições deixadas pelas duas medalhistas olímpicas. Com a confiança da comissão técnica, a jogadora tem se destacado nesta edição do torneio nacional e ajudou a equipe a chegar a mais uma final da competição.

LEIA MAIS:

FABIANA QUER CURTIR AS FÉRIAS PARA VOLTAR COM TUDO NO VOLEIBOL

Depois de ser campeã da Superliga 2011/12, Bia passou por duas equipes, Praia Clube e Sesi-SP, com destaque na equipe paulista, a jogadora chegou a ser convocada para a seleção brasileira, mas por problemas externos não atuou com a camisa verde-amarela. De volta ao clube que a revelou para o cenário nacional a meio de rede do Vôlei Nestlé ressalta a nova fase e fica feliz por ajudar a equipe.

Após ajudar a equipe a chegar a mais uma final da Superliga, Bia revelou os motivos para a “Quando eu sai daqui falei que só voltava para ser titular, e que o meu grande sonho era entrar nesse ginásio e levar o time para uma final. Voltei muito mais madura e consegui ajudar a equipe a conquistar essa vaga”, ressaltou uma das melhores bloqueadoras do torneio.

Foto: João Neto/Fotojump