Após fim da parceria com São Bernardo, Metodista mantém apenas time masculino no handebol

Metodista/São Bernardo
Crédito da foto: Divulgação/Metodista

A parceria entre Metodista e Prefeitura de São Bernardo do Campo chegou ao fim após 24 anos. Porém, a universidade manteve o time masculino em disputa, já que não conseguiu desvincular o nome social da inscrição para o Campeonato Paulista, que começou nesta quarta-feira (12) com vitória sobre o Guarulhos, por 27 a 25.

Com isso, a cidade ainda tem uma equipe entre os homens, mas sem o apoio da prefeitura do município. Os salários serão pagos exclusivamente pela associação, que mantém o projeto.

VEJA MAIS
PARCERIA ENTRE SÃO BERNARDO E METODISTA É ROMPIDA APÓS 24 ANOS
UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO ABRE AS PORTAS PARA O ESPORTE

“Independente de questões administrativas, nós realizamos nosso planejamento anual e temos trabalhado desde o início do ano com foco na parte técnica. Trabalhando nosso psicológico e dos atletas, deixamos de lado questões burocráticas e fizemos o que tem de ser feito na quadra”, destacou o técnico o SB, que comanda a Metodista no masculino.

No novo elenco, a Metô terá um plantel mais rodado que nas últimas temporadas. Atletas experientes, como Roney, Bruno Santana, Jackson, Yano e Cauê reforçam o time, que tem 18 jogadores ao todo.

Feminino

No feminino, São Bernardo anunciou uma união com a Unip (Universidade Paulista) e todo o elenco migrou da Metô para a nova parceira.

Ambas as agremiações, Metodista e Unip, atuarão neste ano no mesmo local, o Ginásio do Baetão.



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.