Conheça o Iquique, adversário do Grêmio na Libertadores

A segunda rodada do grupo 8 da Libertadores começa nesta terça (11), quando Grêmio x Iquique jogam em Porto Alegre a partir das 21h45 (de Brasília)

.

Líder da chave, o Grêmio estreou com vitória fora de casa ao fazer 2 a 0 no Zamora (Venezuela), enquanto o Iquique perdeu no Chile para o Guaraní por 1 a 0. Com estes resultados, o atual campeão paraguaio é o segundo colocado.

O Iquique vai a Porto Alegre como franco atirador. O próprio técnico chileno sabe o que vai encontrar na Arena. “Precisamos ser realistas, ainda estamos conhecendo a Libertadores. Vamos jogar com dignidade contra o Grêmio, mas é muito difícil”, confessou.

O retrospecto do Iquique também não ajuda: seis derrotas e um empate como visitante jogando pela Libertadores. O único ponto conquistado aconteceu diante do León em 2013.

O destaque da equipe é o atacante argentino Diego Bielkiewicz e o técnico é Jaime Vera. Nos últimos cinco jogos do Campeonato Chileno o Iquique venceu dois (Colo Colo e Palestino) e empatou três (Everton, O´Higgins e Audax Italiano). Neste momento o time está em 13º lugar sendo que oito dos 16 clubes se classificam para a próxima fase.

O clube existe desde 1976 e tem uniforme nas cores azul e preto. O nome refere-se à cidade onde se localiza, que fica na região de Tarapacá, banhada pelo Oceano Pacífico, na costa oeste do país. Os principais títulos do Iquique são a Copa Chile em 1980 e 2010. O time jamais conquistou o Campeonato Chileno enquanto esteve na divisão principal. O Estádio Tierra de Campeones tem capacidade para 12 mil torcedores.