Conheça quem são os favoritos para avançar à final do Paulistão

Foto: Reprodução

Os jogos de ida das semifinais do Paulistão acontecem nesse fim de semana. No domingo, às 16h, a Ponte Preta enfrenta o Palmeiras, no Moisés Lucarelli. No mesmo dia, às 19h, o São Paulo recebe o Corinthians no Morumbi. Confira abaixo quem são os favoritos para avançar à decisão da competição.

LEIA MAIS:
Enquete: Qual será a final do Paulistão 2017?

Palmeiras x Ponte Preta
Dono de um dos elencos mais completos do país, o Palmeiras é favorito diante da Ponte Preta. Com peças de reposição de qualidade em quase todos os setores, o Alviverde se mantém superior a Macaca mesmo que decida poupar alguns atletas, se assim o técnico Eduardo Baptista desejar. Dos grandes da capital, o Palmeiras é sem dúvida o mais equilibrado, em termos de números. Possui o segundo melhor ataque da competição, com 29 gols, e tem a melhor defesa, ao lado do Corinthians (ambos sofreram apenas 9 gols).

Embora tenha eliminado um gigante nas quartas de final do Paulistão (despachou o Santos), a Ponte Preta tem sido irregular quando tem pela frente grandes adversários. Até aqui, foram cinco jogos, com duas vitórias, duas derrotas e um empate. Os dois triunfos foram em casa, ambos pelo placar de 1 a 0, contra o Santos e diante do próprio Palmeiras, na última rodada da fase de grupos. Já fora de seus domínios, a Ponte foi goleada pelo São Paulo (5 a 2), além de ter perdido para o Santos (1 a 0). O empate foi contra o Corinthians, 1 a 1, no Moisés Lucarelli.

Com base na solidez palmeirense e na irregularidade pontepretana, pode-se considerar que o time da capital é favorito. Apesar de o futebol não permitir prognósticos precisos, é inegável que o Palestra leva vantagem no confronto.

Corinthians x São Paulo
O embate é, sem dúvida, muito equilibrado. As duas equipes não encantam na temporada, aliás, bem longe disso. Enquanto o Corinthians enfrenta problemas para propor o jogo e marcar gols, o São Paulo sofre com um sistema defensivo frágil. No entanto, pelo fato de oscilar menos, o time do Parque São Jorge tem um leve favoritismo no confronto.

Com a defesa menos vazada da competição, como foi citado acima, o Corinthians não preza, necessariamente, pelo controle da partida, e sim por torná-la difícil para o adversário. Além de ter um sistema defensivo eficiente, a equipe do técnico Fábio Carille é a única que não perdeu clássico na competição. Venceu o Palmeiras por 1 a 0, repetiu o placar diante do Santos e empatou com o próprio São Paulo por 1 a 1. Até aqui, o ataque ineficiente tem preocupado, mas não tem impedido o Timão de alcançar as vitórias.

Diferentemente de seu adversário, o São Paulo tem marcado muitos gols. Dono do melhor ataque do Paulistão (balançou as redes 32 vezes), o Tricolor de Rogério Ceni procura a todo momento ter a posse de bola e usar a velocidade pelos lados de campo. Mas nem sempre estes pontos fortes funcionam e, para piorar, o sistema defensivo vem sofrendo gols sistematicamente. O time do Morumbi tem a quarta pior defesa da competição (20 gols). Este desequilíbrio entre os setores pode ser decisivo para uma possível não classificação à final.



Formado em Jornalismo, são-paulino, profundo seguidor do universo esportivo, principalmente quando o assunto é futebol. Contato: clebermattos22@msn.com