Países da Concacaf oficializam candidatura para Copa do Mundo de 2026

Reprodução/Site Oficial da US Soccer

O que era especulação virou realidade nesta segunda-feira (10). Estados Unidos, México e Canadá anunciaram que irão apresentar uma candidatura conjunta para sediarem a Copa do Mundo de 2026, conforme postado no site oficial da Federação Americana de Futebol (US Soccer).

Membros das entidades futebolísticas dos três países deram uma entrevista coletiva no One World Trade Center, em Nova York, para falar do plano da candidatura tríplice, inédita na história dos Mundiais.

LEIA MAIS

FOX SPORTS AGUARDA FOLLMANN PARA ASSINAR CONTRATO; EX-GOLEIRO SERÁ COMENTARISTA

“É um dia histórico para a Concacaf e o futebol dos Estados Unidos. Pensamos carinhosamente sobre a chance de sediar a Copa do Mundo de 2026 e acreditamos que seria a coisa certa para nossa região e o esporte. Ao lado de nossos parceiros das federações mexicana e canadense, estamos confiantes que nossa candidatura será exemplar ao tentar trazer a Copa de volta a América do Norte”, declarou Sunil Gulati, presidente da Federação Americana.

“Para a Federação Mexicana e toda a família do futebol do México, é uma fonte de orgulho essa candidatura, ao lado dos EUA e do Canadá. Temos uma oportunidade única de ser o primeiro país a sediar três Copas do Mundo. Estamos totalmente entusiasmados em podermos fazer isso”, adicionou o mandatário da Federação Mexicana (Femexfut) Decio de Maria.

“O Canadá é o único país do G-8 que nunca sediou uma Copa do Mundo e temos experiência com os Mundiais femininos e de base. Queremos que nossa colaboração com os países da Confacaf seja excelente

Segundo a proposta feita pelos três países interessados, 60 jogos seriam feitos nos Estados Unidos, com outros dez no México e mais dez no Canadá. A ideia é de que os EUA sediem todos os jogos da Copa de 2026 das quartas de final em diante, assegurando os americanos como palco da grande final. Este Mundial será o primeiro com 48 equipes classificadas para sua fase final.

 

 

(Crédito da foto: Reprodução/Site Oficial da US Soccer)