Sem dinheiro em caixa, Corinthians descarta recomprar direitos de Arana

Cartola
Crédito da Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Titular do Corinthians, após a venda de Uendel ao Internacional, Guilherme Arana vem se firmando no time de Fábio Carille e a cada jogo surpreende, seja por boa presença na defesa, ou com assistências e jogadas de efeito. O jovem de 19 anos já sofre com assédio europeu e o Corinthians pode lucrar pouco em caso de venda.

Segundo o site Globoesporte.com, o clube alvinegro detém 40% dos direitos do lateral-esquerdo e o restante é ligado aos empresários do atleta. Nem o bom momento vivido na temporada despertou o desejo do clube em adqurir a totalidade. Seria uma estratégia para faturar mais numa futura negociação.

LEIA MAIS
BRASILEIRÃO REPETE PAULISTÃO E DEIXA CLÁSSICOS PAULISTAS NO PPV
PORTO PAGARÁ R$ 15 MILHÕES AO CORINTHIANS PELO RESTANTE DOS DIREITOS DE FELIPE, DIZ JORNAL
VICE DO INTER DIZ QUE CORINTHIANS “MENTIU” SOBRE NEGOCIAÇÃO COM VALDIVIA

A diretoria do Corinthians reconhece o bom início de ano do jovem, revelado na base alvinegra, mas avalia que não é o momento de iniciar uma negociação de compra devido ao caixa vazio.

Guilherme Arana iniciou sua trajetória no Timão aos nove anos no futsal do Parque São Jorge. O atleta já teve 70& dos direitos ligados ao Corinthians, mas, em 2014, o então presidente Mário Gobbi cedeu 30% a Elenko Sports para quitar dívidas.

Recentemente, o lateral-esquerdo estendeu o vínculo com o Corinthians até o fim de 2019. Em sua quarta temporada no elenco profissional, Arana soma participação em seis dos 20 gols do time no ano.

Inter de Milão (Itália), Manchester United e Tottenham (ambos Inglaterra) já demonstraram interesse em contar com o jogador logo após a conquista do Campeonato Brasileiro de 2015, mas não chegaram a um acordo.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.