Flamengo não abrirá ação contra Kleber Leite

A reunião do conselho deliberativo foi movimentada na sede da Gávea. Em assunto, duas pautas poderiam punir o ex-presidente Kleber Leite por conta do enrosco com o Grupo Multiplan, do Consórcio Plaza, ao qual fez o clube pagar um acordo no valor de R$61,5 milhões de reais.

Na reunião foram votadas duas pautas: a primeira para retificar ou não a decisão do plenário na reunião de 16 de abril de 2016, no sentido do clube ajuizar a ação regressiva do prejuízo com o Consórcio Plaza. A segunda pauta era aprovar ou não o parecer da comissão provisória de sindicância sobre o encaminhamento interno do prejuízo sofrido pelo Flamengo na mesma questão.

As duas pautas envolviam a mesma questão: o prejuízo de R$61,5 milhões de reais para o clube carioca.

LEIA MAIS:
Conca treina com bola junto de garotos da base

Como são pautas pertencentes ao mesmo assunto, o conselho decidiu votar as duas juntas. Com isso, o conselho deliberativo, após votação, decidiu não abrir uma ação na justiça pedindo o ressarcimento do prejuízo junto ao Consórcio Plaza. No entanto, a segunda pauta: o parecer da comissão provisória de sindicância, foi aprovado e agora o caso seguirá internamente, com isso o estatuto poderá puni-lo com suspensão e eliminação do quadro social do clube.