Opinião: Senna, a melhor volta do século; Max Verstappen, a melhor volta da… década?

a melhor volta da década?
Twitter oficial da F1

Exatamente 24 anos atrás, Ayrton Senna deu um verdadeiro show em Donington Park, e na primeira volta da prova, fez aquela que é considerada até hoje, “a melhor volta do século”. E no último domingo, vimos o jovem holandês Max Verstappen fazer uma primeira volta magistral, saltando da 16ª posição para a sétima, realizando diversas ultrapassagens. O que acha da comparação?

Todos os fãs brasileiros de automobilismo sabe que fazer qualquer comparação com o ídolo Ayrton Senna, é um grande motivo para despertar a fúria de muitos. Não é preciso ficar batendo na tecla que o tri campeão mundial foi um dos maiores pilotos de todos os tempos. Vídeos dos grandes feitos de Senna estão espalhados pela internet, e quem acompanhou os dez anos da carreira dele na Fórmula 1, não tem dúvidas de seu talento.

LEIA MAIS:
FÓRMULA 1 2017: CONFIRA 9 IMAGENS QUE DEFINEM O GP DA CHINA
FÓRMULA 1 2017: CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO MUNDIAL DE PILOTOS APÓS O GP DA CHINA

Porém, desde o ano passado, o jovem Max Verstappen tem chamado a atenção de todos os fãs da principal categoria do automobilismo mundial. Estrear em uma equipe de ponta com vitória, criar um jeito próprio de pilotagem (que não agradou a maioria do grid), ser agressivo na pista e não ter medo de cara feia, e um talento nato para ultrapassar em pista molhada (que show foi aquele em Interlagos no ano passado!). São qualidades do jovem holandês, mas que poderíamos utilizar para descrever Ayrton Senna.

Em 1993, Ayrton Senna não teve um ano muito feliz: mais uma vez, ele viu que sua McLaren não tinha chances de conquistar o título mundial, então, teve poucas oportunidades de superar as Williams, ainda mais com seu rival Alain Prost guiando o carro inglês. Donington era um dos circuitos onde Senna podia surpreender, e de fato, ele foi demais: largou em quarto, caiu para quinto na primeira curva, e então, começou a se recuperar, ultrapassando todos e assumindo a liderança da prova, eternizando aquela volta como a “Melhor Volta do Século”. Confira o feito do brasileiro no vídeo abaixo:

No GP da China, disputado no último domingo, Max Verstappen não venceu a prova. Nem mesmo chegou perto da liderança. Mas, o jovem holandês largou em 16º, e ultrapassou diversos pilotos, fechando a primeira volta na sétima posição. Ou seja: foram nove posições em uma volta, sendo que apenas uma das sete ultrapassagens que ele realizou, não foi por fora (quando deixou para trás o brasileiro Felipe Massa).

Não é a primeira vez que Max Verstappen dá um show em pista molhada: no GP do Brasil da temporada passada, ele também fez diversas ultrapassagens, saltando de um 14º lugar, para o pódio, na terceira posição. E ele fez tudo isso nas últimas 14 voltas da corrida em Interlagos. Confira no vídeo abaixo, as ultrapassagens do jovem holandês:

Após o GP da Europa de 1993, em Donington Park, Ayrton Senna foi aplaudido por todos que estavam presentes no circuito. O piloto brasileiro ganhou uma placa, que até hoje está presente no circuito inglês, como reconhecimento que aquela volta de fato, foi a melhor do século. Talvez para muitos fãs, seja uma ofensa comparar aquela volta de Senna, com a primeira volta de Verstappen na China. E é claro que ninguém está pedindo uma placa de reconhecimento para o garoto da Red Bull Racing. Apenas, resolvi mostrar o quanto é bom ver o que um piloto talentoso pode fazer em uma pista com pouca aderência. Neste sentido, estamos falando de ambos.

São voltas que devemos aplaudir de pé. E se a volta de Ayrton Senna foi a melhor do século, não é nada demais afirmar que a primeira volta de Max Verstappen no GP da China foi a melhor da década… Ou alguém pode apontar outra volta tão espetacular quanto essa do jovem holandês?