Palmeiras: Baptista dá “dicas” de que Jean será titular contra o Peñarol

Palmeiras
Crédito da imagem: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Depois de se classificar às semifinais do Campeonato paulista, o Palmeiras troca o chip e só pensa no Peñarol-URU, adversário desta quarta-feira (12), pela terceira rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores. O duelo será disputado no estádio Allianz Parque e o Verdão deverá ter uma novidade na equipe: o lateral direito Jean.

O jogador está completamente recuperado de uma fissura no pé direito, já treina normalmente com o restante do elenco há alguns dias e, por sua experiência e força defensiva, deve retornar ao time titular na vaga de Fabiano.

LEIA MAIS:

VERDÃO RENOVA COM MAIS TRÊS DESTAQUES DA BASE E DISPENSA OUTRO
VEJA QUANTO O VERDÃO GANHOU POR AVANÇAR ÀS SEMIFINAIS DO PAULISTÃO
MERCADO DA BOLA: VERDÃO CONTRATA TRÊS REVELAÇÕES DO FUTEBOL PAULISTA
DRACENA DETONA POLÊMICAS DE GABRIEL APÓS IDA AO CORINTHIANS
MERCADO DA BOLA: VERDÃO ENFIM ASSINA COM ATACANTE DE 18 ANOS DO VITÓRIA
PORTO TEM INTERESSE EM PROMESSAS DO VERDÃO E DO SÃO PAULO, DIZ JORNAL

Jean se machucou no clássico contra o Santos, no dia 19 de março, e desde então ficou em tratamento conservador na Academia de Futebol, mas parece que retomará sua posição.

Muito bom contar com o Jean. Quando nós o perdemos contra o Santos, ele vinha em um grande momento, estava em uma fase muito boa. Já está retornando, está treinando com a gente há cinco dias, fisicamente está bem e acaba virando uma opção para o jogo de quarta-feira“, disse o técnico Eduardo Baptista, em entrevista ao programa “Conexão EI”, do Esporte Interativo.

A gente ainda não definiu, vai estudar um pouquinho, porque o Fabiano também está em um bom momento“, tentou despistar o treinador antes de elencar as vantagens de atuar com cada um dos seus laterais.

O Fabiano dá uma consistência ofensiva um pouquinho maior pela sua característica de ultrapassagem pelas beiradas e o Jean dá também uma chegada forte à frente, uma consistência defensiva boa e tem a experiência“, disse.

Um cara que é tetracampeão brasileiro, dois no São Paulo, um no Fluminense e um no Palmeiras, é importante para o grupo, principalmente no trabalho que está se iniciando é importante você ter um jogador como esse“, completou o comandante do Palmeiras.

Mais força na marcação

Analisando como joga o Peñarol, Baptista elogiou muito o meia Cristian “Cebolla” Rodríguez, jogador da Seleção Uruguaia, e também citou que o rival atua com dois atacantes enfiados na área adversária.

Desta forma, a primeira linha de quatro defensores do Palmeiras terá de se preocupar com a movimentação dos avantes do Peñarol e os laterais não poderão subir muito ao ataque, dando vantagem a Jean na disputa com Fabiano por uma vaga no time.