Palmeiras revela que policia jogadores com instruções via aplicativo

Palmeiras
Cesar Greco / Ag. Palmeiras

O Palmeiras analisa todos os adversários com muita antecedência e passa todos os dados relevantes aos jogadores para que eles fiquem a par do que têm de fazer para vencer os jogos. A comissão técnica costuma enviar pequenos vídeos aos aparelhos celulares e tablets dos atletas para que eles possam “estudar” os rivais antes do confronto e para ter certeza que todos estejam seguindo as “dicas” utiliza um programa que policia os jogadores.

Com esse aplicativo utilizado pelos analistas de desempenho do Palmeiras é possível também saber se os jogadores receberam e assistiram aos vídeos, como revelou o técnico Eduardo Baptista, em entrevista ao programa “Conexão EI”, do Esporte Interativo.

LEIA MAIS:

PALMEIRAS RENOVA COM MAIS TRÊS DESTAQUES DA BASE E DISPENSA OUTRO
VEJA QUANTO O PALMEIRAS GANHOU POR AVANÇAR ÀS SEMIFINAIS DO PAULISTÃO
MERCADO DA BOLA: VERDÃO CONTRATA TRÊS REVELAÇÕES DO FUTEBOL PAULISTA
DRACENA DETONA POLÊMICAS DE GABRIEL APÓS IDA AO CORINTHIANS
MERCADO DA BOLA: VERDÃO ENFIM ASSINA COM ATACANTE DE 18 ANOS DO VITÓRIA
PORTO TEM INTERESSE EM PROMESSAS DO VERDÃO E DO SÃO PAULO, DIZ JORNAL

A gente passa esses vídeos para eles e também na preleção a gente passa um resumo. Mas a garantia que eles veem é total. O elenco do Palmeiras até por estar em uma Série A, campeão brasileiro, não é qualquer atleta que chega aqui e, para se manter no clube, ele é muito profissional“, garantiu Baptista.

E ele tem que estar atento porque nos treinamentos eu cobro isso. Não chego ao treinamento explicando o que o Peñarol faz. A gente dá um pincelada e já inicia o treinamento tático. Então o jogador tem que vir para o trabalho com conhecimento, se não ele vai ter dificuldade e a gente vai acabar percebendo que ele não está acompanhando [os vídeos]“, continuou o treinador do Palmeiras, revelando em seguida que tem como saber se os vídeos estão sendo vistos por seus comandados.

A gente procura facilitar também. São vídeos de três minutos, coisas bem simplificadas, somente para completar no campo. O próprio programa da análise de desempenho tem como checar se eles viram ou não e a gente também dá uma policiadinha. Mas todos eles têm aberto o vídeo quase que imediatamente quando recebem“, garantiu o comandante.