Em entrevista coletiva, Renato já celebra 105 anos do Santos: “orgulho vestir essa camisa”

4 motivos para acreditar na vitória do Peixe
Ivan Storti/Santos FC

No próximo dia 14, o Santos Futebol Clube completa 105 anos de história e um dos principais jogadores da equipe comentou sobre o assunto nesta quinta-feira (13).

Atualmente, o momento do clube não é dos melhores, visto que o Peixe foi eliminado do Campeonato Paulista após derrota nos pênaltis, para a Ponte Preta, na última segunda-feira (10), depois de oito anos seguidos indo para a final da competição. Porém, é hora e de focar nos próximos desafios da temporada.

LEIA MAIS:
Renato fala sobre lesão de Zeca e elogia Braz: “chegamos aos pênaltis por causa dele”

O aniversário do clube já pode servir como momento de colocar a cabeça no lugar e trabalhar para corrigir os erros. Na coletiva concedida por Renato, o volante falou sobre o carinho que sente pelo Santos, ressaltando sua experiência no time:

“Ser o mais velho do grupo e uma história que com certeza para mim é gratificante. É um orgulho vestir essa camisa. É o time do meu pai, um orgulho, uma realização. Fazer parte dessa história é um orgulho imenso. Sabemos do peso que tem essa camisa, como mais velho eu espero que eles possam ter o nome deles escritos na história do Santos.”, disse o atleta, atualmente com 37 anos.

O jogador chegou ao time da baixada santista no ano de 2000, e ficou até 2004, quando fi atuar na Europa. Mais tarde, retornou ao Peixe, e desde 2014, ano de sua volta, é titular absoluto.