Santos arrecadou quatro vezes mais com Paulista no Pacaembu do que com Libertadores na Vila

Organizada do Santos repudia rejeição do elenco ao Pacaembu: "reclamem menos e joguem mais"
Foto: Ivan Storti/ Santos FC

Os mais de 37 mil torcedores que foram ao Pacaembu na última segunda-feira (10) não deram ao Santos apenas uma renda espetacular de R$ 1,5 milhão, que fez com que o time dobrasse sua arrecadação no Paulistão 2017. Eles também configuraram uma situação que pode fazer a diretoria santista repetir mais vezes a experiência. O clube arrecadou com um jogo de estadual na Capital uma renda quatro vezes maior do que a obtida na estreia em casa pela Libertadores, na Vila, contra o The Strongest.

Santos 1 x 0 Ponte Preta – Paulistão – Pacaembu
Renda: R$ 1.515.650,00 – Público: 37.145

Santos 2 x 0 The Strongest – Libertadores – Vila Belmiro
Renda: R$ 381.290,00 – Público: 13.132

Até a renda líquida do jogo do Santos no Pacaembu ficou muito maior que o total arrecadado – sem descontos – na Vila Belmiro com uma partida de Libertadores. O Peixe embolsou R$ 868 mil, já tirando aluguel e despesas operacionais.

LEIA MAIS
SANTOS PRECISARIA DE TRÊS “VILAS BELMIROS” PARA ALCANÇAR PÚBLICOS DO PALMEIRAS

No jogo contra os bolivianos, o Santos recebeu pouco menos de 14 mil pessoas em seu estádio. A Vila Belmiro passou por diversas modificações nos últimos anos que praticamente tornaram impossível conseguir colocar um público muito maior.

A final da Copa do Brasil de 2015, contra o Palmeiras, não chegou a 15 mil torcedores. Dentro de campo, o clube não aproveitou a tradicional força da Vila e ganhou por apenas 1 a 0, que o Verdão reverteu no Allianz Parque nos pênaltis, ficando com o título.

No Pacaembu, a eliminação nos pênaltis diante da Ponte Preta reforçou críticas de santistas mais conservadores que defendem o mando sempre na Vila Belmiro, mas o time tem um histórico muito positivo como mandante no estádio paulistano. Nos 90 minutos, o Santos venceu a Macaca por 1 a 0 e aumentou uma incrível sequência de vitórias do Peixe no local: agora são 18.

Além disso, o Pacaembu foi também a casa do tricampeonato do Santos na Copa Libertadores da América de 2011, após uma vitória memorável sobre o Peñarol. O Red Bull Brasil, time praticamente sem torcida, teve uma das melhores médias de público do Paulistão justamente por causa de um único jogo que puxou os números para cima: contra o Santos, no Pacaembu, com ingressos vendidos a 20 mil santistas.

 



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.