Relembre a última vez que São Paulo x Cruzeiro se encontraram em um mata-mata

Divulgação/São Paulo

São Paulo x Cruzeiro medem forças, mais uma vez, em duelo válido por uma competição mata-mata, desta vez pela quarta fase da Copa do Brasil, em partida que será realizada nesta quinta-feira (13), às 21h30 (de Brasília), no estádio do Morumbi, na capital paulista. 

Na última vez que São Paulo x Cruzeiro se encontraram nessa fórmula de disputa foi na Copa Libertadores da América de 2015, nas oitavas de final da competição. Na ocasião, a equipe de Minas Gerais levou a melhor e conquistou a classificação, mas acabaria eliminada na fase seguinte diante do River Plate.

LEIA MAIS:
CUEVA TREINA PARA VOLTAR EM SEGUNDO JOGO DA COPA DO BRASIL

Ida: São Paulo 1×0 Cruzeiro – 06/05/2015 

Assim como acontece nesta quinta-feira (13), a primeira partida em 2015 foi disputada no estádio do Morumbi. Para um público superior a 66 mil pessoas, o São Paulo largou em vantagem ao triunfar pelo placar de 1×0. O único gol da partida foi marcado aos 37 minutos da etapa complementar, quando Bruno fez boa jogada individual pelo lado direito, tabelou com Boschilia e cruzou na cabeça de Centurión, que se jogou contra a bola e, de cabeça, mandou a redonda para o fundo das redes.

Escalações:

São Paulo: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Lucão, Reinaldo; Denilson, Souza, Ganso; Wesley (Boschilia), Centurión (Rodrigo Caio) e Alexandre Pato.T: Milton Cruz

Cruzeiro: Fábio; Mayke, Léo, Manoel, Mena; Willians, Henrique, Arrascaeta, Marquinhos; Willian (Gabriel Xavier) e Leandro Damião (Joel). T: Marcelo Oliveira

Volta: Cruzeiro 1 (4)x(3) 0 São Paulo – 13/05/2015

No duelo de volta, o Cruzeiro conseguiu igualar o placar agregado ao também vencer por 1×0. Por incrível que pareça, Leandro Damião foi o responsável por balançar as redes e levar o duelo para os pênaltis. Willian descolou ótimo lançamento para o lado direito, onde Mayke invadiu a área e deixou na boa para o centroavante apenas enrolar para o fundo do gol vazio. Nos pênaltis, o camisa 9 chegou a parar em Rogério Ceni, mas viu Souza isolar e Fábio defender as cobranças de Luis Fabiano e Lucão.

Escalações:

Cruzeiro: Fábio; Mayke (Willian Farias), Bruno Rodrigo, Manoel, Mena; Willians, Henrique, Arrascaeta, Marquinhos; Willian (Gabriel Xavier) e Leandro Damião. T: Marcelo Oliveira

São Paulo: Rogerio Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Lucão, Reinaldo; Michel Bastos (Hudson), Denilson, Souza, Wesley (Centurión), Ganso e Alexandre Pato (Luis Fabiano). T: Milton Cruz