Mancha protesta em frente ao CT do Palmeiras e apresenta carta com lista de demissão

Foto do momento da reunião na sede da Mancha Alviverde divulgada pelo Facebook da organizada

A Macha Alviverde, torcida organizada do Palmeiras, mandou o seu recado ao time antes do jogo contra o Flamengo, que acontece hoje às 17:00. A torcida fez um protesto em sua sede e apresentou uma carta, que continha até mesmo uma lista de demissão e apontava culpados.

O ano do Palmeiras não foi como sua principal torcida, a Mancha Alviverde esperava. Apesar do quarto lugar no Campeonato Brasileiro, o que classifica o time para a Libertadores de 2018, apenas a classificação não pareceu o suficiente.

Na última quarta feira, o time foi vencido pelo Vitória pelo placar de 3 x 2 e na manhã seguinte os muros do CT estavam pichados.

Na volta do time a São Paulo, o lateral esquerdo Egídio foi cobrado por um torcedor e entrou em uma discussão que lhe custou uma multa da diretoria do time.

Lembrando que o Palmeiras era vice líder do Campeonato, na frente de Grêmio e Santos e estava bem perto do líder Corinthians, seu rival. Mas num confronto direto no último domingo (5/11) o alvinegro levou a melhor vencendo o jogo pelo placar de 3 x 2.

Na sexta feira foi divulgada uma nota dizendo que a Mancha Alviverde protestaria antes do jogo contra o Flamengo em sua sede, mas acompanharia o time do CT até o Allianz Parque, onde acontecerá a partida.

Na nota foi dito que “O momento pede cobrança” e que “A mão que afaga é a mesma que apedreja”, 

“Vamos ao CT
Convocação geral

Quando o time precisava de apoio, apoiamos!
Quando o time precisava de confiança, confiamos neles! 
Esse ano estivemos algumas vezes no CT para apoiar e passar confiança.
A principal função da torcida é apoiar. Só que a cobrança também faz parte do cardápio do torcedor.
Nesse domingo convocamos todos os manchistas…
Para COBRAR. O momento pede cobrança.
“A mão que afaga é a mesma que apedreja”.

Já diz o ditado popular… Não será necessário apedrejar, só não temos mais motivos para aplaudir.
Domingo, às 11 horas, concentração na quadra da Mancha Verde.
Vamos acompanhar a saída do time do CT até o Allianz.
Pressão é o mínimo para aqueles que só fizeram a sua torcida passar vergonha em 2017.

Time sem compromisso 
Diretoria omissa 
Presidente banana

Diretoria Mancha Alvi Verde”

Também foi apresentada uma carta, contendo as reclamações da Mancha e até mesmo uma lista de jogadores que devem ser demitidos do time.

Confira a carta:

PROTESTO

A obrigação do torcedor é TORCER e um dos direitos é PROTESTAR.

O ano de 2017 foi lamentável e o maior culpado é nosso presidente e nosso diretor remunerado.

“Quando existirem acertos, existirão as palmas, mas quando houver falhas, terão as cobranças”

Os jogadores não podem ser poupados e tratados como crianças mimadas. São profissionais e devem ser cobrados pelos serviços prestados.

Entendemos que essa relação de atletas não devem continuar no Palmeiras em 2018. Pela falta de pulso firme do nosso presidente já adiantamos as cartas e as “justificativas” de cada atleta.

Durante os 90 minutos sempre iremos apoiar o Palmeiras, indiferente de quem esteja vestindo nosso manto, ou de quem seja o presidente.

LISTA DE DEMISSÃO:

EGIDIO
ROGER GUEDES
FABIANO
LUAN
JUNINHO
ANTONIO CARLOS
AROUCA
MICHAEL BASTOS
DEYVERSON
BRUNO HENRIQUE
ERICK

Também foi cobrada a presença de Felipe Melo, envolvido em algumas polêmicas e afastado do time no atual momento. A torcida deseja ver o volante entre os titulares do time.

Porém, os personagens mais cobrados foram o presidente Maurício Galiotte e o gerente de futebol Alexandre Mattos.

Uma derrota para o Flamengo abalaria ainda mais a confiança do time a sua relação com a torcida, que espera resultado no jogo de hoje.