Conheça dois campeões continentais que podem aprontar no Mundial de Clubes

Divulgação/FIFA

Nesta quarta-feira (6) a bola começa a rolar para o Mundial de Clubes da FIFA. Com sete participantes, a edição deste ano reunirá seis campeões continentais e o atual vencedor da liga do país-sede, os Emirados Árabes Unidos.

Real Madrid e Grêmio são as principais equipes a disputarem o torneio. Mas a competição possui coadjuvantes que podem surpreender. Como mostra o Torcedores.com, que lista duas possíveis ”zebras” do Mundial.

Pachuca (México):

Vencedor da Liga dos Campeões da CONCACAF, o time mexicano irá disputar o Mundial pela quarta fez. A sua melhor campanha foi em 2008, quando ficou com o quarto lugar.

O técnico uruguaio Diego Alonso aposta na jovialidade, tendo apenas três atletas com mais de 30 anos em seu elenco. Entre os jogadores, se destacam o zagueiro colombiano Oscar Murillo e o meia japonês Keisuke Honda, que já atuou por times como CSKA Moscou e Milan.

Urawa Reds (Japão):

Os japoneses conquistaram a Liga dos Campeões da Ásia e retornam ao Mundial de Clubes após 10 anos. Em 2007, o time terminou a competição com um honroso terceiro lugar.

Dona do terceiro melhor ataque da Liga Japonesa, a equipe tem nos atacantes Tadanari Lee e Rafael Silva seus pilares ofensivos. Juntos, os dois jogadores anotaram 50% dos tentos do clube no campeonato nacional. Revelado pelo Coritiba, Silva foi o responsável pelo gol do título asiático do Urawa, na decisão contra o Al Hilal.

Al-Jazira (Emirados Árabes) e Auckland City (Austrália) dão o pontapé inicial no Mundial de Clubes. O duelo ocorre nesta quarta-feira (6), às 15h (horário de Brasília), e é válido pela primeira fase da competição.

LEIA MAIS