Mundial: veja quanto o Grêmio vai ganhar de premiação em caso de título

Mundial
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Além do prestígio de estar disputando e representando os clubes sul-americanos no Mundial, o Grêmio tem no torneio jogado nos Emirados Árabes mais uma boa chance de rechear os cofres. No melhor cenário possível, isto é, com a eventual conquista do bicampeonato, o tricolor gaúcho botará no bolso R$ 16 milhões.

No entanto, o valor não supera o que o clube faturou durante toda a participação vitoriosa na Copa Libertadores, contando as premiações da Conmebol desde a fase de grupos. A Fifa resolveu “congelar” a premiação do Mundial com relação à edição do ano passado. O Real Madrid, por exemplo, lucrou 54 milhões de euros – R$ 206,2 milhões – ao vencer a última edição da Champions League.

A Fifa, por outro lado, banca as despesas de até 35 membros de cada delegação participante do Mundial. Como o Grêmio deve levar uma comitiva de até 52 pessoas, uma parte terá que ser custeada pelo próprio clube. Com festa da torcida no Aeroporto Salgado Filho, o tricolor iniciou viagem na manhã desta quarta-feira.

A tabela do Mundial de 2017

06/12 Al-Jazira x Auckland (1ª fase)

09/12 Al-Jazira/Auckland x Urawa (quartas) – Pachuca x Wydad (quartas)

12/12 Disputa do 5º lugar – Grêmio x Pachuca/Wydad (semi)

13/12 Real Madrid x Urawa/Al-Jazira/Auckland (semi)

16/12 Disputa do 3º lugar – Final

Premiação 

Campeão – US$ 5 milhões (R$ 16 milhões)

Vice – US$ 4 milhões (R$ 13 milhões)

Terceiro – US$ 2,5 milhões (R$ 8,1 milhões)

Quarto – US$ 2 milhões (R$ 6,5 milhões)

Quinto – US$ 1,5 milhões (R$ 4,9 milhões)

Sexto – US$ 1 milhão (R$ 3,2 milhões)

Sétimo – US$ 500 mil (R$ 1,6 milhões)

LEIA MAIS:

No Twitter, Fifa diz que Grêmio vai em busca do primeiro título mundial

Sincero, Roger explica opção pelo Inter e não Corinthians: “Mais chances de jogar”

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.